Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Contra a Corrupção

Imagem

Governadores pedem mais 20 anos para quitar dívidas com a União

Imagem
O alongamento do prazo para o pagamento das dívidas que as unidades da Federação têm com a União foi o tema central do Fórum Permanente de Governadores, nesta terça-feira (22), na Residência Oficial de Águas Claras. Catorze chefes de Executivos discutiram os efeitos da medida, que, se passar pelo Congresso Nacional e for sancionada pela presidente da República, Dilma Rousseff, permitirá que os passivos sejam pagos em até 50 anos. A legislação atual prevê 30 anos para a quitação.
Os governadores entendem que a folga de 20 anos permitiria diminuir as parcelas mensais dos estados e do DF pagas ao governo federal, garantindo um caixa maior para investimentos em projetos de infraestrutura e sociais, entre outros. O Distrito Federal tem uma das dívidas mais baixas do País. O passivo gira em torno de R$ 1,3 bilhão, mas, com a repactuação feita na segunda-feira (21) com o Banco do Brasil, cairá para R$ 972 milhões, recurso que será integralmente destinado à saúde pública da capital.
Precatórios

O PRONA na contra mão

Imagem
O país tem vivido um momento de grande instabilidade e indefinições, momentos de paralisia, estagnação econômica e profunda crise política e social. Não é à toa que os índices de desempregos, inflação elevada e níveis de violência, só comparados a tempos de guerra, assombram os brasileiros. Isso sem falar na cultura do "jeitinho", aquela de levar vantagem em tudo que parece ter atingido seu ápice na operação Lava Jato (Com início em um posto de gasolina –de onde surgiu seu nome–, a Operação Lava Jato, deflagrada em março de 2014, investiga um grande esquema de lavagem e desvio de dinheiro envolvendo a Petrobras, grandes empreiteiras do país e políticos.)

Na contramão disso tudo, há em vários setores da sociedade que desejam o breve restabelecimento do caos econômico e político: a igreja, a sociedade de maneira geral, algumas instituições militares e até mesmo alguns que são partidários. Acredite é real e ainda existe jeito pra coisa. Enquanto vários partidos estão atolados a…

Renegociação com a União faz dívida do DF cair R$ 339 milhões

Imagem
As reuniões do Fórum Permanente de Governadores começaram a apresentar resultados. Na tarde desta segunda-feira (21), no Palácio do Buriti, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, assinou contrato de refinanciamento da dívida com a União, medida que resultará em economia de R$ 339,2 milhões aos cofres do Executivo. O montante será integralmente destinado à saúde pública. O total do passivo é R$ 1,3 bilhão. Com a dedução, esse valor cairá para R$ 972 milhões. A repactuação da dívida foi assinada por Rollemberg e pelo vice-presidente de Governo, do Banco do Brasil, Júlio Cezar Alves de Oliveira, e obedece a regras estabelecidas pelo Decreto nº 8.816, assinado pela presidente Dilma Rousseff em 29 de dezembro de 2015, que regulamenta a Lei Complementar nº 148, de 2014. "Esse recurso vai melhorar a capacidade de pagar dívidas com fornecedores, melhorar o fornecimento de medicamentos e a conservação de equipamentos, dando mais qualidade ao atendimento na área da saúde", disse…

Entregue nesta sexta-feira (18), primeiro lote de 2016 beneficia 23 microempresários

Por Rafael Alves – A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos entregou, nesta sexta-feira (18), 23 cartas de crédito para microempresários do Distrito Federal. O empréstimo faz parte do programa Prospera DF, retomado neste ano, com recursos oriundos do Fundo de Geração de Emprego e Renda do Distrito Federal. Foram destinados R$ 240.288,41 a 19 empreendedores da área urbana e a quatro da área rural.

Com juros de 0,5% ao mês e financiamento parcelado em até 36 vezes pelo Banco de Brasília (BRB), o programa é uma oportunidade para quem inicia um pequeno empreendimento ou deseja expandir um negócio. A comerciante de roupas íntimas Lanuce Camelo de Melo, de 38 anos, que vende as peças em Planaltina, participa pela primeira vez do Prospera DF e espera um bom retorno com o investimento: obteve R$ 5 mil financiados em dez parcelas. “Estou muito feliz com a taxa de juros e tenho esperança de multiplicar o negócio. Trabalho com vendas desde os…

Lulômetro

Imagem
No cerne da disputa eleitoral de 2002 no Brasil, o Banco Americano Goldman Sachs criou um termômetro para medir as reações do mercado.  
Batizado de "Lulômetro", o indicador apontava a disparada do dólar em relação ao real confome aumentava a probabilidade de eleição de Lula.  
O temor dos investidores de que Lula realizasse uma alteração brusca na condução da política econômica, recém-estabilizada pelo Plano Real, levou a moeda norte-americana a patamares históricos em relação ao real. Era o chamado “risco Lula”. 
O impacto na economia era gritante: só não via quem não queria ver...  
A cotação livre do dólar no mercado financeiro, no início de 2002, era de R$ 2,60. Em outubro, o mês da eleição, a moeda americana chegou a R$ 4,00, até então a maior cotação desde o Plano Real, criado em 1994.  
O “apelido” do episódio ficou marcado pela analogia com o (então futuro) presidente Lula. Além disso, o Lulômetro ganhou notoriedade pela polêmica envolvida porque condenou-se o cr…

Todos são parciais

Imagem
"Todo ser humano tem direito, em plena igualdade, a uma justa e pública audiência por parte de um tribunal independente e imparcial, para decidir sobre seus direitos e deveres ou do fundamento de qualquer acusação criminal contra ele”. ( Declaração Universal dos Direitos Humanos § X ) 
Não encontro (im)parcialidade, apesar de não ser jurista, nos atos competentes do excelentíssimo senhor juiz Moro, afinal isso é princípio constitucional. O processo não foi contaminado pelo vício nem muito menos foi politizado. Todas as ações são respaldadas pelo rito, processo e até execução das ações. O que enxergo como mero espectador e admirador da verdade, principalmente dos agentes públicos, é a cumplicidade ao dever de zelar pela "Coisa Pública". Poderá sim, qualquer indivíduo investido de vaidades, uma vez ao menos falhar, todavia o trabalho do Exmo. Juiz aponta  para a elucidação e promoção de justiça. Caro leitor creio não existir nenhuma pessoa ou instituição totalmente parcial,…

A pior de todas as notícias

Imagem

O remédio da saúde

Imagem
Já que virou regra dar pitaco em todas as áreas, principalmente nas redes sociais, vou arriscar dar o meu sobre a mudança do secretário de saúde do Distrito Federal.
Como não sou médico, creio que se você receitar um remédio com dosagem errada ou você mata o paciente ou esse remédio não surtirá o efeito necessário para amenizar os efeitos maléficos da doença ou até mesmo curar, certo?

No caso de Brasília o paciente encontra-se em fase terminal levando a crer somente em um milagre. Desafetos nem pensar, já que figurões de escala nacional não parecem estar na "moda". Se bem que o nosso governador não se preocupa com isso, haja vista, o seu figurino. Jofran Frejat foi lembrado por muitos, mas o interesse particular e de facções partidárias estão muito longe do interesse público. 
O que interessa realmente são a quantidade e a complexidade dos problemas que o governo local tem que resolver. Tudo flui, com indicação do novo secretário Humberto Fonseca, para uma "medicação&quo…

Vote no meu Blog!

Imagem
Mais um mês se passou e entramos no mês em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, apesar de que todos os dias deveríamos comemorar o dia delas. 
Amigo, é por causa do seu voto que esse blog foi eleito entre os 100 mais lidos, em todo Brasil. É por causa da sua leitura que minha motivação cresce e o aprendizado vem.  
Por isso peço seu voto mais uma vez, agora no segundo turno em que estão só feras. Portanto, clique ao lado e dê o seu voto, não custa nada. Aliás, custa sim, seu tempo, seu precioso tempo. Obrigado. 
Claro que sua participação já é uma grande honra para mim. Todavia, estimular você a participar conosco é muito melhor. Por isso que ainda escrevo. 
Desde já agradeço muito aos amigos e leitores