Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

O silêncio de um falastrão

Imagem
Opinião

Quem conhece a história, rica do ex-ministro José Dirceu, não se incomodou com a postura dele ao se esconder por detrás da orientação de seu advogado, a de ficar calado, pelo menos em parte já que quem cala consente e neste caso quem cala é culpado. Ora, tudo indica que o Titã do comunismo tupiniquim está se remoendo por dentro. Homem e dirigente partidário extremamente vaidoso no decorrer de sua história vive hoje um dilema: fica na história, não como um “revolucionário” que mudou o Brasil para melhor, como pregava em seus acalorados discursos de estudante na década de 60. 
O fato é que a casa caiu pra ele. E se vamos ver o seu poder ser dizimado, ainda não sabemos, pois afinal ele sabe muito e conduziu o Partido dos Trabalhadores num projeto de poder que se perpetua por quase duas décadas. 






Na verdade todos nós devíamos agradecer por seu silêncio, devíamos proibir de emitir sua opinião sobre o nosso tão amado Brasil, mas ele devia ser obrigado a falar tudo o que sabe, devia ent…

CPMF volta ano que vem

Imagem
O Governo já estuda a volta da CPMF para fechar um rombo estimado em cerca de R$ 80 bilhões nas contas da União em 2016 segundo reportagens dos principais jornais do País. Não se sabe se a alíquota do imposto voltaria a ser de 0,38% sobre movimentações financeiras ou uma menor taxa para passar despercebida pelos contribuintes. Outra vantagem segundo os técnicos do governo seria facilitar a fiscalização da Receita Federal já que a CPMF é um imposto considerado difícil de sonegar e dá uma noção do tamanho real da movimentação financeira dos contribuintes sem a necessidade de quebras dos sigilos bancários.

Rentabilidade maior para o FGTS

Imagem
Na semana passada o congresso aprovou o aumento da remuneração das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em uma escada de aumentos anuais que propõem a elevação do rendimento de TR+3% ao ano para TR+6,17% ao ano em 2019 – de forma a igualar com a poupança. 

De um lado, o governo afirmava que o aumento da remuneração do FGTS afetaria os programas habitacionais e de saneamento voltados à baixa renda.
Do outro lado, algumas das lideranças da Câmara argumentavam que o FGTS produz R$ 17 bilhões de lucro por ano e, ainda por cima, tem um patrimônio de R$ 90 bilhões. Sendo assim, seria possível carregar nas costas estes programas habitacionais e de saneamento por muitos anos.
Qual das duas narrativas está correta?
Na minha opinião, o FGTS sempre representou uma perda forçada àqueles que têm seus saldos arruinados pela inflação ano após ano - uma melhor remuneração seria o correto a se fazer.


Por outro lado, a remuneração do FGTS para TR+6,17% traz um desequilíbrio importante par…

Zona Franca de Brasília

Imagem
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania  (CCJC) aprovou, nesta terça-feira (25), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 64/15, que prevê a criação da Zona Franca do Entorno do Distrito Federal. De autoria do deputado federal Rogério Rosso - Líder do PSD, a matéria ainda deverá ser discutida em comissão especial antes de seguir para votação em plenário

Prêmio TOP BLOG 2015

Imagem
Pela quarta oportunidade, estamos concorrendo ao Prêmio TOP BLOG. Em edições anteriores (2012), conseguimos ficar entre os 100 no Brasil, na categoria política. Inclusive, recebemos e-mails e telefonemas de dezenas de amigos, colegas e leitores parabenizando, comentando o nosso trabalho.


Este ano, necessitamos novamente da ajuda dos nossos leitores, para tornar o nosso blog melhor ainda. Assim, basta ir ao lado desta página, onde há o selo TOP BLOG "VOTE AQUI e dar o seu voto. A votação teve início ontem 24/08.  Nossa campanha começa agora. Aos amigos mais próximos e outros que queiram ajudar, compartilhem em seus facebooks e twitters. Contamos com você.  Nosso muito obrigado.

Agenda Brasil

Por meio de despacho publicado no Diário Oficial, soubemos que Joaquim Levy está se afastando… até quarta-feira, para cuidar de assuntos particulares.

Sem a mesma oficialidade, notícias de Brasília contam a história de intrigas crescentes entre Levy e outros membros do Governo Dilma.

A hipótese de saída do ministro é calamitosa; produziria efeitos ainda mais nocivos que os da Agenda China.

Obviamente, o próprio Levy sabe disso, e acaba respirando fundo para não largar o cargo.

Mas a verdade é que o homem recrutado para salvar nosso grau de investimento é o mais habilitado para ser - ironicamente - o responsável pelo downgrade.

TCDF e Secretaria de Fazenda debatem fiscalização de gastos públicos

Imagem
O presidente do Tribunal de Contas do Distrito Federal, Conselheiro Renato Rainha, recebeu o Secretário de Fazenda do DF, Leonardo Maurício Colombini, em audiência para debater esforços conjuntos para a preservação do equilíbrio fiscal e financeiro do DF. No encontro, foi apresentado o Mapa de Preços, um programa de acompanhamento de notas fiscais eletrônicas da Sefaz/DF que é referência nacional.
O software possui mais de 300 milhões de produtos e serviços cadastrados na base de dados. E, com esse volume de informações, o programa permite fazer diversas análises comparativas. “É um ótimo instrumento para auxiliar os órgãos de controle”, afirmou o secretário de fazenda.
O Tribunal pretende utilizar a ferramenta para fiscalizar os preços praticados em licitações. Com o programa, é possível comparar, por exemplo, os valores pagos por um hospital particular e por um público em um mesmo medicamento num mesmo período. O presidente do TCDF lembrou o caso de um pregão para a compra de um reméd…

CCJ amplia debate sobre a centralização das perícias Servidores concordam com unificação de procedimentos. No entanto, querem a descentralização dos atendimentos para evitar transtornos

Imagem
Nesta terça-feira (18/08), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara Legislativa realizou audiência pública para debater os efeitos do Decreto 36.561/2015, que institui a Política Integrada de Ação à Saúde do Servidor Público do DF (PIASS). Na prática, a medida deu início ao processo de centralização das perícias médicas de todos os servidores públicos do DF em um mesmo espaço físico. Apesar das diversas queixas, por parte dos servidores, o governo não sinalizou mudanças quanto à centralização e unificação dos serviços. “Acredito que ninguém esteja contra unificação de procedimentos. A preocupação deles é com a centralização um único local, no Setor Comercial Sul”, afirmou a presidente da CCJ, deputada Sandra Faraj. A parlamentar fez um apelo para que o governo revisse o posicionamento dele como forma de não prejudicar nenhum servidor. “Temos de encontrar uma maneira de não haver injustiça. Nem com os servidores, que serão remanejados, nem mesmo com os servidores que precis…

Luzia de Paula fiscaliza posto policial desativado

Imagem
A deputada Luzia de Paula foi até o Centro de Ensino Educacional 06, no P Sul, em Ceilândia, para atender uma demanda da comunidade da QNP 16 e dos estudantes do CED 06.
Um grupo de estudantes e moradores, estavam reunidos, aguardando a chegada da parlamentar, que convidou o comando local da polícia militar, representado pelo Capitão Maurício e o administrador de Ceilândia, Vilson Oliveira. O deputado Reginaldo Veras também esteve presente.

A principal reivindicação foi a abertura do posto policial. O capitão Maurício, responsável pelo policiamento em todos os postos policiais, explicou que  a polícia militar teve a necessidade de adotar medidas de contenção. Falou sobre a falta de efetivo e da necessidade de se adequar a demanda em relação a criminalidade.


"Houve um aumento na ostensividade, aumentamos a quantidade de PM´s nas viaturas. E esse trabalho resultou na redução da criminalidade. Porém, essa medida causou a desativação dos postos policias comunitários, ou melhor, os posto…

Metrô de Brasília vende espaço

Imagem
O metrô de Brasília iniciou em 2015 a locação de espaços para publicidade e ações comerciais. Esses espaços para comercialização somam 400 painéis publicitários nas 24 estações em operação. E mais, 700 painéis laterais, 1.300 sancas e 260 cabeceiras no interior dos 29 trensque circulam pelos 42 km de via. Diariamente, cerca de 200 mil consumidores circulam no Metrô-DF.




A comercialização está dividida em três fases. Na primeira, serão disponibilizados os painéis publicitários e o adesivamento dos trens e de espaços nas estações. Na segunda, serão autorizados estandes e quiosques, panfletagens, feiras e exposições, eventos e máquinas de autoatendimento não bancárias. A terceira fase será para a locação de lojas e shoppings no Metrô-DF. Os prazos são divulgados a cada fase no site (www.metro.df.gov.br) e em jornais de grande circulação.

Briga: Petrobras aprova abertura do capital da BR Distribuidora sem consenso

Imagem
O conselheiros da Petrobras (PETR4) brigaram por seus pontos de vista na reunião ocorrida ontem, na qual foi aprovada a venda de 25% da BR Distribuidora, os postos de gasolina da Petrobras, através de uma oferta pública de ações.
O presidente do conselho de administração da Petrobras, Murilo Ferreira, foi contra a operação. Ferreira esclareceu que sua visão tática era diferente dos conselheiros a favor da proposta, entendendo haver ainda alguns passos a cumprir antes de uma decisão final e que a BR Distribuidora precisaria inicialmente contratar novos profissionais com experiência em varejo, criar um novo plano de negócios e depois formatar a venda da companhia. Outro conselheiro, Deyvid da Silva, representante dos empregados da Petrobras no conselho, votou contra o plano por entender que a companhia deveria buscar alternativas à vender um ativo tão atrativo em um momento ruim do mercado.

Dez anos perdidos

Faça as contas: a década de 2010 já está praticamente tão perdida quanto a de 1980.

Fechamos 2014 no zero a zero, vamos cair -2% em 2015 e outros -0,2% em 2016 (estou sendo bonzinho).
Supondo um avanço populacional da ordem de +1% ao ano, precisaríamos de um novo milagre econômico de 2017 a 2020 para salvar o crescimento do PIB per capita nesta década.
O jeito é torcer para (i) a Índia se tornar uma nova China, (ii) elegermos um Governo decente nas próximas eleições e/ou (iii) a população brasileira diminuir, de tanto desgosto.
Mercado 5

Dois anos de Recessão

Imagem
Qual a novidade dessa notícia? Nenhuma, mas porque a grande chance de se revitalizar nossas notícias é quase zero. Já há dois ou mais anos que convivemos com péssimas "manchetes" seja na área econômica, social, política ou internacional. 
A verdade é que a "marola" de notícias ruins tomou conta de nossas vidas. Por onde nos locomovemos nos deparamos com o medo e as incertezas proporcionadas por uma geração de gestores públicos corrompidos e sem moral que nos induzem ao erro.
Vivemos numa sociedade perdida, vivemos numa sociedade sem rumo, vivemos numa sociedade pessimista, mas não por motivação própria, pois o brasileiro é otimista por natureza.
A falta de moral é a principal razão de tantas mazelas. Mas o que isso tem haver com os dois anos de recessão (2015/2016)? Tudo. Não devemos , nunca esquecer o caráter de quem gerencia uma sociedade como a nossa (Continental, rica, multicultural). 
Não passa só por uma questão de conhecimento adquirido ou títulos acadêmicos. Tr…