ROLLEMBERG CUTUCA SEUS ADVERSÁRIOS E DIZ QUE ESTÁ PREPARADO PARA O DEBATE

Foto: ABBP - Hamilton Silva
O projeto Sabatina está em sua 29ª edição. Durante os três anos do projeto, a ABBP agiu de forma imparcial ouvindo políticos da oposição, situação e de diversos partidos políticos independente da ideologia. A 29ª edição foi a última deste ano. Em 2018, a ABBP ouvirá todos os pré-candidatos inseridos na sucessão ao Palácio do Buriti e durante as eleições realizará um debate com os candidatos que viabilizarem suas candidaturas ao governo.


O governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg (PSB) concedeu entrevista para a Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP), na manhã desta segunda-feira(4/12). O encontro foi realizado no Palácio do Buriti. Nesta primeira parte da coletiva o governador Rodrigo Rollemberg fala dos investimentos realizados em parceria com o Estado de Goiás para a região do Entorno, sobre o que o seu governo tem feito em relação à crise hídrica no DF e faz uma rápida avaliação da crise financeira herdada pelas gestões anteriores. 
O BLOG DO HAMILTON PERGUNTA: QUAL A SERÁ A ESTRATÉGIA PARA O SENHOR SUPERAR OS ALTOS ÍNDICES DE REJEIÇÃO?
Estamos preparados para enfrentar o debate com qualquer candidato. Até mesmo porque alguns que estão se apresentando como pré-candidatos são os responsáveis pela instalação do caos que encontramos na cidade. Seja pela construção irresponsável de um estádio de quase 2 bilhões de reais, que não tem praticamente serventia alguma. Seja pelos desvios que estão sendo investigados.”
GDF leva a cidade ao "equilibrio"

Mesmo com tantas precariedades dos serviços prestados pelo governo Rodrigo Rollemberg se mostrou seguro em suas falas: “O nosso governo é um governo correto, um governo que teve coragem de tomar as medidas necessárias e hoje nos temos uma cidade equilibrada.”


Perguntas que pareciam que ia incomodar, não incomodaram;
Muito receptivo e com ar mais leve o governador respondeu a todas as perguntas, inclusive as mais ácidas. A relação do governador com com ex presidente do Conselho do Banco de Brasília Ricardo Leal foi respondida: "è um amigo pessoal é uma pessoa que entende da área." ressaltando  o alto desempenho da personalidade e  o lucro do Banco estatal.

Sobre a denúncia da Revista Isto é de que delata uma possível irregularidade na licitação e favorecimento de uma determinada empresa nas prestações de serviços de recolhimento de lixo o governador sem constrangimento apesar do sorriso não ter sido esboçado neste momento: "Essas licitações são estritas aos órgãos que a fazem, neste caso especifico a empresa que apresentou um preço menor não ganhou a licitação porque não apresentou os comprovantes, as certidões necessárias para a realização de determinados serviços é importante ressaltar que a empresa que perdeu foi à justiça, a justiça negou duas vezes e o mérito dessa ação vai ser julgada pelo tribunal. É importante salientar, aqui, que o SLU está com o processo de licitação definitiva de todo o serviço de limpeza, este edital está sendo analisado pelo Tribunal de Contas tão logo ele seja concluído análise será feita a licitação para o definitivo."

O Governador discorreu sobre Transporte no entorno
“Nós temos conversado com o governador Marconi Perillo e com a Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) no sentido de integrar o transporte público entre os municípios do Goiás e o DF. Os estudos técnicos do trem de média velocidade entre Brasília e Luziânia estão concluídos e deve ser iniciado o processo de licitação para a construção desse trem. Os estudos para a transformação do trem de passageiros entre Brasília e Luziânia estão em curso.”
BRT DF/Goiás:“Estive com o governador Marconi Perillo pelo menos umas cinco vezes para tratar do BRT entre Santa Maria e Luziânia. O problema é que o consórcio que ganhou a exploração da BR 040 tem dificuldades em função desse momento político e econômico.”
Falou ainda sobre a Barragem do Descoberto
“Toda a rede de esgotos de Águas Lindas foi feita pela Caesb. Nós já inauguramos a estação de tratamento de esgotos de Águas Lindas que é a mais moderna do Brasil. E que contribui para garantir a qualidade das águas da barragem do descoberto e a qualidade de vida da população.”
Crise hídrica 1
“Nos estamos fazendo, com a parceria do Estado de Goiás, a captação da estação de tratamento de Corumbá, uma obra de 540 milhões de reais, metade custeado pelo DF e a outra metade pelo Goiás. A parte do DF esta bastante avançada. A parte de Goiás também esta ganhando um ritmo elevado. Nossa expectativa é de inaugurar até o final do ano que vem.”
Crise hídrica 2
“A obra de Corumbá oferecerá água para Luziânia, Cidade Ocidental, Valparaíso e Novo Gama, no Estado de Goiás, e no DF, em Santa Maria, Gama e Recanto das Emas.”
Nascentes
“Iniciamos um programa de recuperação das nascentes na bacia do descoberto. Serão 240 nascentes recuperadas em parceria com a fundação Banco do Brasil.”
Barragem de Santa Maria
“Algumas cidades que antes eram abastecidas pela barragem do descoberto hoje estão sendo abastecidas pela barragem de Santa Maria. Com a inauguração das duas unidades de captação de água que inauguramos no Paranoá e no Bananal, cidades como, Guará 1 e 2, Candangolândia, Núcleo Bandeirante e parte de Águas Claras já estão sendo abastecidas por Santa Maria, e com isso existe uma redução do volume de água que sai do descoberto.”
Canal do rodeador
“Aprovamos na Câmara Legislativa o financiamento de recursos que irão permitir a construção da tubulação de canais importantes como o canal do rodeador, que terá uma extensão de 12 quilômetros.”
Parceria DF e Goiás
“Tirando a barragem do Corumbá que é uma obra muito importante que foi feita pelo Governo de Brasília e que serve para o DF e o Goiás, quais são as outras obras de grande magnitude que foram realizadas por outros governos promovendo essa integração entre o DF e o Goiás?”
Crise financeira 1
“Encontramos um governo financeiramente sucateado em função da má gestão e em função da irresponsabilidade fiscal. Estamos arrumando a casa. Quando começamos o governo o DF tinha uma das situações mais difíceis do país naquele momento. Tivemos que tomar medidas duras e não titubeamos em toma-las.”
Crise financeira 2
“Enquanto o Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e outras unidades da Federação estão parcelando salários dos servidores públicos, os salários no DF estão em dia. Estamos aos poucos acabando com a divida que herdamos do governo passado. Estamos aproximando cada vez mais a data de pagamento dos fornecedores e dos prestadores de serviço. Brasília esta retomando a sua atividade econômica.”

Saúde

Lamentou por não ter conseguido implementar as Os's no sistema de saúde e reconheceu o déficit de médicos na rede pública apesar de celebrar  a criação do Instituto Hospital de Base. "Posso lhe assegurar que vai melhorar o atendimento no Hospital de Base porque vai dar mais agilidade a todos os tipos de atendimentos.... nós vamos construir o hospital do Câncer...vamos contratar novos profissionais, zeramos a fila de mamografia e ampliamos o atendimento do Sírio Libaneis, aqui em Brasília e reduzimos a fila de radioterapia, mas temos ainda a fila de 320 e vinte pacientes precisando de atendimento." 

GOVERNADOR RECONHECE QUE NÃO CUMPRIU PROMESSA
"Esse é umaaa é ummm compromisso que não cumprimos de eleição direta para administrador regional, nós não temos hábil nós não conseguiremos fazer eleição direta no nosso governo, mas nós vamos encaminhar à Câmara Legislativa como contribuição como o projeto que regulamenta a eleição direta dos administradores regionais e que sirvam como ponto de debate... para que seja implantado em outra gestão."
 ABBP/GDF - Hamilton Silva - Blogueiros
Governador Rodrigo Rollemberg e  o Blogueiro Hamilton Silva
Definitivamente as oposições que se cuidem, pois o governador Rodrigo Rollemberg sinaliza para uma definitiva e irreversível postura de quem não deseja deixar o Buriti. Com desenvoltura passeou por todos os temas sem tripudiar e mais leve do que na outra sabatina que realizamos em 2016 atendeu a todos os pedidos nos transportando para anos eleitorais. Apesar da austeridade do governo e baixa popularidade o governo transmite uma mensagem, nas entrelinhas, que irão até o fim para sedimentar o projeto socialista na principal vitrine política. No Rumo Certo.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial