SOBRE GASTOS COM ROUPAS E MAQUIAGEM



Foto: Montagem BLOG HAMILTON SILVA - INTERNET
Dos R$ 30.934,70 a que tem direito a receber como ministra, ela recebe R$ 3.292  bruto. O valor cai porque ela já tem outra renda paga pelo Estado como desembargadora aposentado, de R$ 30.471,10 bruto. Ao final do mês ela recebe da União R$ 33,7 mil, mesmo salário de um ministro do Supremo. No requerimento ela pede ao governo para receber os dois valores sem cortes, o que lhe garantiria R$ 61 mil todo mês.


No mínimo inquietante a afirmação da Ministra de que seu salário deveria ser de 62 mil para fazer frente aos gastos com roupas e maquiagem que o cargo que passou a ocupar exige.

Num País em que o salário mínimo está em torno de 900 reais, com a crise que todos os Estados enfrentam na Saúde, Segurança e Educação, com os níveis de corrupção que deixam aposentados do Estado do Rio de Janeiro em situação de mendicância, enfim, com a atual crise política e econômica que o País enfrenta esta afirmação da Ministra do Governo Temer parece um escárnio, um deboche, ou uma brincadeira de mal gosto. Ainda mais se consideramos a pasta que a tal ministra ocupa, (ou ocupava, depois dessa infeliz declaração, espera-se que alguma atitude seja tomada, ou não??? ) a dos Direitos Humanos.

Vale lembrar para a Ministra que faça uma breve reflexão sobre Direitos Humanos antes de fazer as suas infelizes colocações. Direitos Humanos seriam aquelas relativas às condições mínimas que uma pessoa deve ter para uma vida digna. Roupas, todos temos que ter, ou não? Quanto à maquiagem........ certamente que cada pessoa usa a sua...... agora, que gastos em torno de 30 mil para esta categoria de gasto é no mínimo intrigante ! Como bem falou um comentarista de uma emissora de rádio, hoje , logo cedinho, vindo para o trabalho, “Nem a banda KISS gastaria tanto com esse tipo de despesa hahahahahahahahaha”.......



Leia mais sobre Serviço Público

06 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA


A TERCEIRIZAÇÃO E O ESFACELAMENTO DO SERVIÇO PÚBLICO


EXCELÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial