A CORAGEM DE UM PRÉ-CANDIDATO; PILOTO "VAI IDOSO"

FOTO: INTERNET

A corrida eleitoral pelo Buriti parece ter atingido seu ápice nos últimos dias, desde que o líder dessa corridaJofran Frejat(PR), decidiu um por um  pit stop nessa desleal competição.

A necessidade do start  exigia do pré-candidato uma aliança que pudesse impulsionar os motores da campanha de maneira que pudesse movimentar um carro "pesado" e com muita gente dentro e que esse empurrão inicial proporcionasse uma velocidade, forca e combustível necessário para se chegar ao fim da corrida, em outubro,  liderando o pleito.

Com bagagem (conteúdo) de sobra, Frejat, agora precisa se livrar de alguns pesos mortos e ganhar folego, entretanto, esse pit stop revela a coragem de um piloto, arrojado, audacioso, minucioso e rápido. Os embarcados que parecem, só parecem, roer as entranhas da candidatura do republicano, já roeram as celas da Polícia  Federal e de outros governos brasilienses. Especialistas em roer o dinheiro público e numa lábia para alcançar votos, estas ratazanas fazem qualquer negócio para continuar a defrenestar os honestos da vida pública.

Outras paradas táticas podem ser fazer necessárias devido ao tamanho dos roedores embarcados no carangoPor outro lado, o grande número de espectadores que torcem nas arquibancadas devem estar atentos para que a passividade de torcida não inviabilize a forte personalidade demonstrada por Frejat. A certeza é de que todos deverão dar um empurrãozinho.

Princípio de vencedor. É o que denota a parada tática do concorrente. Ouvi e li muita bobagem nos últimos dias, mas também li muitas coisas interessantes sobre os candidatos suas estratégias mirabolantes. Gente, a questão posta neste momento é exatamente o grande tema que movimenta nossos noticiários policiais:Corrupção!! Parece não ser, mas é. Se os caras que pressionam o republicano fossem do bem ou não tivessem a ficha corrida que tem o doutor Jofran estaria nadando de braçada . Como numa corrida de carros velozesé preciso ajustar os aerofólios, calibrar pneus e verificar o óleo, todavia o vento da corrupção empurra a candidatura do "vai idoso" para fora da pista, podendo, inclusive, leva-lo a uma colisão fatal.

O carango do "vai idoso" tem em seu capô o número 22  que, por sua vez, ganhou notoriedade, na Capital, pelo espaçoso e experiente piloto, o presidente da escuderia, Waldemar deu garantias de que o astuto piloto terá a direção nas mãos. As críticas? Às favas com as críticas. Toda sociedade de bem deveria estar embarcada nessa viatura, já que ficha limpa é coisa rara e isso poderia fortalecer o ex-deputado, ex-ministro e ex-secretário da saúde contra os ratos graúdos que roem pelas beiradas e desejam uma selfie com  líder nas pesquisas. Mas não, os hipócritas acreditam na pureza e até num ser humano sem mácula, perfeito. Não existe perfeição.

Poucos são os pré-candidatos que consideram e valorizam os servidores públicos da capital como determinantes nessa corrida, haja vista as características peculiares de nossa cidade composta de servidores públicos bem como o fato de  que o atual detentor do troféu Buriti“ ignorou seus eleitores (torcedores) e esnobou a IMPORTÂNCIA dos que movimentam e movimentaram a economia local.

Enquanto o "vai idoso" observa, atentopelo retrovisor, os outros competidores, se degladiam  e jogam armadilhas, na pista, o povo, esperançoso mas, não iludido(até tem muitos), aguarda a bandeira quadriculada para um vitorioso que, sem vaidade (81 anos!!! Que maravilha, para uns, e inconcebível, já que muito velho, para outros) e com valores que os demais não apresentaram até o momento, vai devagar e sempre, sem arranques no motor que danifiquem a sua máquina potente e confiável. Aguardemos as próximas voltas desse circuito sinuoso com lamaçal profundo e cheio de traíras.  Que os justos possam celebrar a bandeirada !!!

Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial