NEGÓCIOS ONLINE CRESCEM NA CAPITAL FEDERAL

Foto: Ineternet-Diulgação

Cada vez mais conectados, o brasiliense está cada vez mais comprando produtos e serviços pela rede
A capital do país está conectada. Segundo o último levantamento do IBGE, 85,3% da população do Distrito Federal têm acesso à internet, superando a média nacional que é de 64,7%. Com isto, os negócios via internet crescem a largos passos e isto inclui os mais diversos segmentos, aproveitando uma clientela que está ali, disponível para não só conhecer produtos e serviços, mas também adquiri-los.
É o caso do empresário Ricardo Pereira, que viu neste avanço nas redes uma oportunidade de negócio. Ele criou a Lavô (http://lavo.online), um aplicativo de lavagens de veículos a seco, onde basta um clique para garantir o carro limpo em qualquer lugar do DF e a qualquer hora do dia. “A internet criou um novo consumidor, com um perfil mais imediatista, pois tudo é possível de uma forma instantânea ali. Precisamos evoluir neste sentido, atendendo as necessidades e desejos deste novo cliente”, explica.
Agora em março, a operação completa um ano e o balanço é mais do que positivo. Até o ano passado eram 600 lavadores cadastrados e este ano deverá chegar a 4.000 cadastros. “A demanda cresceu tanto que precisamos aumentar o número de parceiros para atender a tantos chamados. Ninguém quer perder tempo na fila de um lava-jato se é possível chamar o serviço pelo aplicativo no celular de forma rápida, segura e cômoda”, destaca o empresário.
Para a consultora de negócios, Juliana Guimarães, esta é uma tendência que só vai crescer. “No DF, as pessoas têm mais acesso à informação, viajam mais e acabam se tornando pessoas mais exigentes, já que passam a ter referências de qualidade de vários estados e países. Por isto, querem resolver tudo de forma célere, eficiente e cômoda, o que nem sempre significa o mais barato.  O consumidor daqui está inclusive disposto a pagar mais pelo melhor serviço” destaca a especialista.
Segundo ela, a capital tem se tornado cada vez mais um celeiro de startups e empresas digitais. “Nos últimos anos, observamos um mercado em franca ebulição. São novos projetos que encontram aqui um terreno fértil para que se desenvolvam”.


LEIA TAMBÉM



Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial