O PRIMEIRO TURNO É PASSADO E O EXECUTIVO VAI À PROVA NO SEGUNDO TURNO

Foto: Hamilton Silva
O DF deve ter um relacionamento com a União harmonioso não só pela dependência econômica, mas por vocação e por abrigar a sede administrativa e política da Pátria.


O Palácio do Planalto será de Jair

O franco favorito Bolsonaro será nosso presidente, já que precisa conquistar menos votos que o petista. Em 2019 e pela quantidade de deputados que a sigla(PSL) do presidenciável elegeu o capitão irá ter um Congresso Nacional. Os apoios regionais também sinalizam ao capitão esmagadora vitória. 
Lembrando que essas eleições, não é somente, uma tradicional mudança eleitoral. O Brasil está sim, de forma democrática, quebrando o ciclo cultural esquerdista e socialista através do voto popular sedimentando os pensamento tradicional conservador.

O Palácio do Buriti será do Ibaneis

Aqui vai minha crítica aos institutos de pesquisa que prestaram um desserviço à sociedade brasiliense ao divulgarem dados muito diferentes da realidade: estou me referindo aos números inflados da candidata Eliana Pedrosa - PROS,  que nem de longe acumulava os votos que as pesquisas diziam que ela tinha durante todo o período eleitoral.


As urnas nos revelou uma grata surpresa e já detectada pelos sensíveis analistas de rua que o General Paulo Chagas-PRP havia sim superado convencionais discursos, mesmo que ajudado pela onda Bolsonaro, ultrapassou os candidatos bem tradicionais da capital revelando a necessária surpresa de renovação.

Do jeito que dá para mudar o eleitor do Distrito Federal está tentando,  e sinaliza para uma oxigenação e renovação na gestão da máquina pública  "candanga", quando confiou ao advogado Ibaneis Rocha -MDB uma vitória, ainda que parcial (634.0008 votos) indicando uma insatisfação com o atual governador e com os políticos tradicionais da cidade. 

Quanto à eficiência e competência de Ibaneis Rocha frente à Ordem dos Advogados - DF, a  única expectativa é que ele transfira ao organismo estatal local o mesmo desempenho de sucesso  que obteve junto aos advogados já que o desempenho do atual governo é pífio.


No fundo o que as eleições podem nos proporcionar a partir de 2019 é o início de transformações sócio-econômicas que impulsionem a nossa cidade e o Brasil ao desenvolvimento.


LEIA TAMBÉM


Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial