IBANEIS ROCHA; O CANDIDATO DA ESPERANCA

O velho senador/governador é desafiado pelo advogado Ibaneis Rocha


Brasília tem vivenciado nos últimos dez anos inúmeros escândalos com diversos nomes da política tradicional brasiliense: Mensalão do DEM que fora deflagrado em novembro de 2009 e o terremoto causado pelo vazamento das conversas entre Celina Leão (PPS) e Liliane Roriz (PTB) exemplifica momentos de muita tristeza da política no Distrito Federal. 

O brasiliense é vítima de um estigma mentiroso do mal  que ensinua engajar novos discípulos. É preciso dar um basta. Tem sido assim na últimos 58 anos de sua fundação.  Até mesmo o finado Joaquim Roriz, indolatrado por muitos, renunciou ao cargo de senador por causa de corrupção.
Todavia, vivemos uma  "onda" de transformação na política que não cessa no próxima dia 28, pelo contrário,  esta data é o inicio de um novo ciclo na vida politico/social do Brasil.

Prestemos atenção nas votações para Câmara Legislativa onde a vontade popular resgatou a esperança de novas relações com o poder público (2/3). O executivo local se vê à beira de uma derrota expressiva em torno de 80% para o candidato Ibaneis Rocha(MDB) e a Câmara Federal abriga a partir de 2019 uma renovação de quase 100%, só permanecendo a deputada petista Érica Kokay.

Isso significa uma desconexão de representação. Significa que o eleitor deseja novos projetos e novos discursos. Discursos e comportamentos gerenciais baseado no exemplo limpo e incorruptível passando a mensagem que quatro anos passa rápido. 
Ibaneis Rocha é identificado como "outsider" e alguém que não tem vida política tradicional, talvez isso explique sua votação no primeiro turno e uma subida meteórica nas pesquisas desbancando os conhecidos políticos.  

Ataques de toda natureza, principalmente do atual governador nos remete à seguinte reflexão: Qual a verdadeira significância de se querer continuar no governo? Qual o motivo da não oxigenação de poder? Principalmente quando os objetivos e PROMESSAS não foram realizados?
Verdade, o advogado e rico Ibaneis era desconhecido da massa, mas muito conhecido de segmentos de influência, portanto não interessa se não era conhecido.  O que interessa é se vai realizar o que promete e às referências diante da administração da Ordem dos advogados,  onde lutou por um piso mais justo aos advogados e a diminuição da contribuição. 

Uma candidatura corporativa, você poderia alegar, todavia a corporação que o candidato deverá defender e trabalhar será a de todos os brasilienses de.maneira a saber dos maus tratos e precarização dos serviços prestados pelo Estado.

Por fim o medbista não é salvador das contas e nem da gestão. Incompetência é nata de muitos, assim como a competência. Ele é uma esperança de dias melhores. Se o Ibaneis fizer o arroz com feijão já fará muito devido ao descaso com a população e servidores nos últimos anos. 

Por: Hamilton Silva
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial