SOCORRO! CADÊ AS PESSOAS DE BEM DE BRASÍLIA?

Foto: Internet-
A Terceira Via passou a sexta-feira(11) na casa do senador Cristóvam Buarque (PPS-DF) para simular unidade.


Em vídeo Dantesco um grupo de políticos brasilienses veio a público para discursar que nada tinham a dizer. Poderíamos chamar de os três patetas se fossem apenas três, mas o título fica melhor em "Os trapalhões".

O cenário é triste e esse grupo com densidade eleitoral (muitos deles com fichas suja) não perceberam até o momento, certamente pela vaidade, que os eleitores não querem saber, somente de suas articulações ou artimanhas para chegar ao poder. O contribuinte quer saber exatamente o  que esses cidadãos tem a contribuir para o caos  dos serviços públicos e soluções para o setor produtivo como a geração de empregos, por exemplo. 

Rogério Rosso (PSD)com 93.653 votos (6,44 %)
Cristóvam Buarque (PPS) com 833.480 (37,27%)
Renato Santana - 0 - os votos foram para o governo
Izalci Lucas com -71.937 (4.95%)
Alírio Neto com - 78.945 (5.43%)


Mais preocupante é que os políticos que se auto intitulam, mais comprometidos com a Missão quase nunca vem a público  esclarecer ou se posicionar diante de fatos tão perigosos para a cidade, Reguffe, por exemplo não dá a cara a tapa para mostrar quem são esses que expoliam o nosso patrimônio: o dever com a  moralidade pública. Nos momentos críticos parece se esconderem. Onde estão o Ministério Público e TRE que não se manisfestam? 

Não podemos esquecer jamais quem são esses personagens da vida política de Brasília e  com quem se relacionaram há bem pouco tempo; Caso do PRB, que mal saiu do atual governo que ajudaram a eleger e ainda disputam cargos nas autarquias distritais. E do senador que governou o Distrito Federal tão mal e porcamente.

Pois é, escolheram como porta voz do grupo o pré candidato  à reeleição aquele que há bem pouco tempo foi vaiado numa universidade por suas posturas polêmicas. Na verdade os comentários de especialistas é de que o pernambucano e "homem bom" corre ou corria sérios riscos de retornar ao senado, mas o Grupo auto denominado "Terceira Via" resolveu lhe empoderar e usar seus lábios para nada dizer.

O eleitor mudou e está mudando. As doações para campanha, as inúmeras ações na justiça e um comportamento duvidoso não cabe mais. A fragmentação e desunião revelada pelo vídeo favorece ao atual governador socialista, proprietário da máquina pública e ao médico Jofran Frejat (PR) líder nas pesquisas.




Leia também


Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial