Pular para o conteúdo principal

DISTRITAIS EVANGÉLICOS PRECISAM RETORNAR AO PRIMEIRO AMOR

Foto da internet
A Escola Biblica Dominical é a escola de formação teológica de muitas congregações evangélicas que serve de sala de aula para muitos pastores e evangélicos graduados. Muitos de nossos parlamentares distritais passaram por essa escola de formação, seja como aluno seja professor.

Me lembro que nas aulas básicas da EBD o tema mais difundido em nossas mentes e corações era o temor ao Senhor, pois isso nos fazia respeitar Aquele que está acima de tudo e de todos.

A necessidade dos cristãos de ocupar lugares estratégicos no governo e na nação é urgente pela tragédia que o comunismo tem levado o país do samba e do futebol. A família tem sido atacada de maneira a desconstruir os papéis de seus agentes.

Todavia, quero estabelecer com os parlamentares evangélicos um desafio e uma reflexão: voltarem à Escola Bíblica Dominical, voltar ao Primeiro Amor a lembrar do poder que Ele tem em seus mandatos e vidas.

Quem não lembra da "oração da propina", que ficou marcada em uma das fases da operação Caixa de Pandora e os então Jr. Brunelli e Leonardo Prudente agradeciam a Deus pela cobertura e pelo dinheiro trazido pelo Durval Barbosa. Hoje essas figuras estão no limbo e no esquecimento.

O povo de Deus precisa de líderes, mas Deus tira qualquer um e ascende qualquer um. Essa atitude de se envolver com interesses escusos estabelece vínculos com as trevas. Não há segmento puro, não sou ingênuo, mas façam o que tem que ser feito e não fiquem somente na história melancólica de nossa cidade.

Se conselho fosse bom não daríamos mas aí vai uma dica. Caros senhores deputados distritais evangélicos voltem ao primeiro amor, voltem para a EBD, parece que não aprenderam o papel revolucionário de Jesus, somos todos pecadores e precisamos de nova chance. Fomos influenciados por Seu amor.

Claro que muitos dos parlamentares são apenas reflexo de uma igreja que tem o dinheiro e poder como meta, mas não são todas. O Projeto do Reino é muito maior. Não abandonem a Verdade que liberta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

BRASIL É SEXTA ECONOMIA

  A Crise ajuda o Brasil EUA, China, Japão, Alemanha, França, Brasil essa é a nova ordem. Afirma o Centro de Pesquisa de Economia e Negócios do Reino Unido (CEBER, sigla em inglês). A China deverá crescer 7,6% e a Índia deverá crescer 6% o Brasil, segundo autoridades brasileiras deverá crescer em torno dos 3,5% se consolidando como a sexta economia mundial. O Reino Unido só não vai ficar mais desesperado porque a França indica um queda significativa para os próxmios anos. PIB de 2,5 trilhões de dólares A soma de todos os bens e serviços (Produto Interno Bruto-PIB) se mantem entre os maiores mundiais, o contraponto é justamente aquele que o Partido dos Trabalhadores sempre usou como principal bandeira, o social, que precisará de muita atenção da chefe do executivo. Com a decisão de elevar o salário mínimo para R$ 622,00 fará com que se  tenha uma acréscimo de 0,4 pontos percentuais no PIB de 2012. Fato muito importante para a manutenção da política econômica. A indústria