O SOCIALISMO DE RESULTADO NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

foto: internet - reprodução - Hamilton Silva
Formamos uma, duas ou mais gerações inteirinhas de analfabetos, incapacitados, limitados intelectualmente e, verdadeiros exércitos de novos e fiéis eleitores da esquerda
A esquerda conseguiu alcançar um de seus supostamente nobres objetivos de igualdade tão perseguido nas últimas décadas: na área da educação, praticamente todos os estudantes brasileiros são iguais na ignorância e no analfabetismo funcional. Esse extraordinário resultado, deveu-se ao afinco e ao esforço com que a esquerda empenhou-se em implementar na educação nacional o mais nefasto e criminoso método educacional já concebido: o método construtivista, visão em que o educando constrói seu próprio caminho e não seguindo um previamente construído. Para nós nada mais que a materilialização do marxismo cultural.

Disseminado no Brasil pelo militante comunista e semi-analfabeto Paulo Freire, o pseudo-intelectual que na era petista foi alçado à condição de patrono da educação brasileira e cujos livros contêm no mínimo um erro de português em cada página, o método construtivista freiriano impossibilita o desenvolvimento de qualquer habilidade cognitiva em crianças e adolescentes, pois ele não foi criado para essa finalidade.

O objetivo do método é unicamente promover a lavagem cerebral para preparar uma massa de futuros militantes do movimento comunista que estejam nos aparelhos estatais. Esse objetivo se tornou realidade na educação nacional nas eras tucano/petistas, como atestam os resultados divulgados na terça (03/12) do exame do PISA, sigla em inglês para Programa Internacional de Avaliação de Estudantes: dois terços dos estudantes brasileiros avaliados mostraram saber menos do que o básico em matemática. O exame foi feito em 2018.

Nas áreas de leitura e conhecimento de ciências básicas, os resultados também evidenciaram o flagelo da educação nacional. Considerando as maiores economias do mundo e o gasto com educação como percentual do PIB nacional, o Brasil possui um dos piores sistemas de educação pública e privada dentro desse grupo de países.


Décadas de construtivismo na educação básica e de militância esquerdista, travestida de atividade acadêmica no meio universitário, portanto não será em menos de 1 ano de  governo que nada com um bote e dois remos contra uma cachoeira, que veremos resultados mais inspiradores em exames do PISA.

Comentários

Adriana disse…
Parabéns, Hamilton. Excelente reflexão.
Hamilton Silva disse…
Obrigado. Adriana. Essa reflexão é só uma preocupação de pai, pois não sou especialista em educação e portanto é mais um processo natural da experiência adquirida nesses mais de 50 anos de idade e nas gratas leituras acadêmicas. abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

ENCONTRO DE ECONOMISTAS, FAÇA SUA INSCRIÇÃO

BOLSA DE NOVA YORK PÁRA