Pular para o conteúdo principal

NO PAÍS ONDE COSTUMA-SE NAO CUMPRIR AS LEIS CANTEMOS O HINO NACIONAL


NOS JOGOS DE FUTEBOL PODE, MAS NAS ESCOLAS NÃO?

Eu não me recordo de nenhum ministro enviar ao professores uma carta sugerindo nada sempre foi uma relação de rei para súditos. Ricardo Vélez recomendou cantar, no primeiro dia de aula, o Hino Nacional no inicio das aulas. Recomendou, mas obrigatoriedade da lei número 5.700 de 1 de setembro de 1971 descumpre-se descaradamente sem nenhuma vergonha na cara, portanto o Ministério da Educação não inventou lei. 

Recomendou somente, não obriga a entoar o slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro: "Brasil acima de todos Deus acima de tudo", foi somente o encerramento da carta do ministro às escolas anexado à sua assinatura. A legislação é antiga e foi complementada pela Lei 12.157 de 23 de dezembro de 2009. 

A vontade de desestabilizar o país e o governo é de uma oposição irresponsável inconsequente e sistemática não importando se o tema tem relevância ou não a sociedade brasileira. O que realmente importa, para esses histéricos é refutar e desestabilizar.
A má vontade da mídia e a má fé é extrema e o único interesse da oposição é o poder pelo poder. Querem voltar a qualquer custo. O quanto pior melhor é narrativa diuturna de muitos desesperados que perderam a mamata e de muitos outros que ainda vão perder.

 A irresponsabilidade chegou ao fim. O Brasil chegou à beira do caos porque perdemos ao longo dos anos dos governos socialistas os muitos dos valores que engrandece nosssa nação, honra e respeito à autoridades por exemplo fora o espírito do civismo implementado com vistas a valorizar nossos símbolos e nação. A histeria dos professores diante de filmagens, recomendadas, das crianças não é a razão maior para se evitar o patriotismo. Se o problema for a autorização por escrito dos pais, que se peça a assinatura deles. Que se assine essa autorização. Tenho certeza de adesão em massa. 

Segue a letra do Hino para os muitos que se horrorizam com nosso país.


Hino Nacional Brasileiro 

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante E o sol da liberdade, em raios fúlgidos Brilhou no céu da pátria nesse instante Se o penhor dessa igualdade Conseguimos conquistar com braço forte Em teu seio, ó liberdade Desafia o nosso peito a própria morte! Ó Pátria amada Idolatrada Salve! Salve! Brasil, um sonho intenso, um raio vívido De amor e de esperança à terra desce Se em teu formoso céu, risonho e límpido A imagem do Cruzeiro resplandece Gigante pela própria natureza És belo, és forte, impávido colosso E o teu futuro espelha essa grandeza Terra adorada Entre outras mil És tu, Brasil Ó Pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil Pátria amada Brasil!

 II

 Deitado eternamente em berço esplêndido Ao som do mar e à luz do céu profundo Fulguras, ó Brasil, florão da América Iluminado ao sol do Novo Mundo! Do que a terra, mais garrida Teus risonhos, lindos campos têm mais flores Nossos bosques têm mais vida Nossa vida no teu seio mais amores Ó Pátria amada Idolatrada Salve! Salve! Brasil, de amor eterno seja símbolo O lábaro que ostentas estrelado E diga o verde-louro dessa flâmula Paz no futuro e glória no passado Mas, se ergues da justiça a clava forte Verás que um filho teu não foge à luta Nem teme, quem te adora, a própria morte Terra adorada Entre outras mil És tu, Brasil Ó Pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil Pátria amada Brasil! 

Composição: Francisco Manuel da Silva / Joaquim Osório Duque Estrada


Comentários

Unknown disse…
Pra mim não precisa nem pedir já ta outorizado a cantar o hino nacional o hino estadual e o hino municipal
Unknown disse…
Não só o hino da nossa Pátria querida, sou a favor que cantemos outro hinos, como por exemplo o de Brasília, o da Bandeira,etc! O nosso hino é um dos nossos símbolos mais importantes! Cantemos, cantemos, cantemos...
Luciane disse…
Quando eu era criança cantavmos o Hino Nacional no Colégio Santo Agostinho e de pois no Externato São José (Goiânia -GO), assim que aprendi ! Senão for nas escolas onde eles aprenderão?Qual o problema nisto?
Hamilton Silva disse…
Verdade Luciane, não arranca pedaço de ninguém!
Obrigado por seu comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000