Fundado em 2011 - Economia e Política

SENADO FEDERAL EM TRÊS ATOS - TERCEIRO E ÚLTIMO ATO - O ELEITOR VOTA MAL

Juramento da princesa Isabel a primeira senadora do Brasil -  Quem nossos senadores irão libertar da escravidão?

Mesmo antes de tornar-se República, o Brasil já contava com uma Câmara dos Senadores, instituição que foi mantida pela primeira Constituição republicana, com a designação de Senado Federal. Sua existência configura a marca da Federação, em que se busca o equilíbrio entre suas unidades constituidoras.

Composto pelos representantes dos estados e do Distrito Federal, escolhidos pelo princípio majoritário, distingue-se da Câmara dos Deputados, cujos membros são eleitos pelo sistema proporcional.


Eleitor vota mal

Por ignorância, cultura política, desleixo ou desvalorização do próprio voto pode ser o principal motivo de tantos senadores eleitos sem  compromisso coletivo com a qualidade nos temas relevantes do Estado. Os interesses de alavancar suas carreiras individuais prevalecem em detrimento do público. Talvez por isso, muitos defendam seu fechamento. Discordo (tema de outro texto).

Senadores da capital

Desde Meira Filho (PMDB), Pompeu de Sousa(PMDB) e Mauricio Corrêa (PDT) que os eleitos para representarem o Estado nos frustram de alguma maneira. A casa não parece  em sintonia ou concordancia com os anseios dos estados constituídos no que que diz respeito à melhorias dos mecanismos estatais, pelo contrário o Senado Federal transmite uma mensagem arcaica de poder, atraso, clientelismo e corporativismo clássico.

o Senado é uma câmara revisora, já que tem a prerrogativa de avaliar e rever as propostas e projetos que já foram votados na Câmara dos Deputados. Por essa razão uma experiência em outros legislativos poderia ser pré requisito para se ingressar nesta vaga.

Os três senadores que compõem a bancada brasiliense estão em constante renovação, desta vez saí o paladino da educação, Cristóvam Buarque que deixa a casa dando espaço para famosa Leila do Volei que nada contribuiu para sua cidade natal no quesito políticas públicas, mas que sendo do grupo do atual governador tem a chance de quebrar paradigmas e realizar um trabalho mediano levando em consideração as ações já realizadas.

Por que três senadores?

A resposta está no objetivo da representação de cada parlamentar. Os deputados federais existem para representar a população. Por isso, seu número depende da quantidade de habitantes do estado. O número pode variar de no mínimo oito a no máximo 70 deputados federais por estado. Mas em um sistema federativo, ou seja, de estados com direitos iguais unidos em uma Federação, essa diferença no número de deputados pode desequilibrar a balança em favor dos estados mais populosos, que teriam mais facilidade para aprovar leis e destinar recursos no Orçamento, com um número maior de representantes. Para isso existe a Casa da Federação, o Senado. Para garantir a igualdade entre os estados na formulação das leis, o número de senadores é igual para todos: três para cada uma das 27 unidades da Federação, somando 81 membros no Senado.

Senado Federal a triologia

Escrevi essa trilogia sobre o Senado Federal com a intenção de chamar  atenção dos legisladores em questão, no sentido de contribuir para um debate mais transparente do processo eleitoral e na fiscalização do atos dos  parlamentares que devem estar mais próximos dos reais interessados; O contribuinte.

E finalmente a eleição de qualidade desses homens públicos passa por um desenvolvimento educacional elencado com o desenvolvimento econômico e cultural, portanto sua atenção para esta casa legislativa deve ter um olhar mais critico e fiscalizador.


Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial