Pular para o conteúdo principal

FRAGA FAZ BALANÇO DO MANDATO

Foto: divulgação
A aprovação do Cadastro Nacional das Pessoas Desaparecidas e a redução da maioridade penal foram alguns dos projetos aprovados


O deputado federal Alberto Fraga (DEM – DF), usou a tribuna da Câmara, para fazer um balanço do trabalho realizado nos últimos quatro anos. O parlamentar iniciou o discurso elogiando a atuação da Frente Parlamentar de Segurança Pública, que segundo ele,  é formada por uma bancada que pensa de forma homogênea nos interesses da segurança pública do Brasil.

O parlamentar lembra que foram votadas matérias fundamentais, como, por exemplo, regras mais duras para o Saidão, redução da maioridade penal e o projeto de lei que criou o Cadastro Nacional Único de Pessoas Desaparecidas no Brasil. “Por incrível que pareça, na era da tecnologia, não temos um cadastro único de pessoas desaparecidas. Falam em 60 mil mortes por ano, mas esquecem das pessoas desaparecidas. O número de idosos e crianças que desaparecem no Brasil é assustador. Então, nós fizemos o nosso papel”, diz Fraga.

Para Fraga outro avanço foi a aprovação da Lei que tipifica como crime hediondo o assassinato de policiais e familiares em até terceiro grau, de sua autoria.  “Acreditávamos que com a aprovação dessa Lei reduziria o número de policiais assassinados, mas enquanto não houver uma legislação rígida para manter os bandidos dentro dos presídios não será possível avançar” enfatiza.

Fraga lembra que também é um dos autores da Lei Antiterrorismo, fundamental para realização das Olimpíadas no Brasil. E no âmbito das comissões temporárias, presidiu a CPI do Sistema Penitenciário, na qual foi realizado um estudo para diagnosticar a situação do sistema prisional brasileiro. A conclusão é a de que o sistema está falido, ultrapassado e precisa urgentemente de mudanças.  No relatório final foram apresentados 20 projetos de lei, sendo que alguns já foram aprovados.

“Quero agradecer aos meus colegas o convívio. Tenho orgulho de ser uma pessoa que posso divergir nas ideias, mas que respeito cada um dos colegas na Câmara dos Deputados. Sempre digo que, para se manter uma boa convivência, naquilo em que concordarmos nós nos unimos e naquilo que discordarmos nós nos respeitamos. E assim convivi durante 20 anos e, graças a Deus, não fiz nenhuma inimizade”, contou Fraga.

Valorização da Câmara dos Deputados

Fraga afirmou que a sociedade brasileira trata a Câmara com muito com desconfiança e desprezo. Ele diz que isso não pode continuar, pois por lá passam as questões mais importantes para o país.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000