PREÇO DE IMÓVEIS USADOS SOBE 1% ANO PASSADO

Foto: Internet -HAmilton Silva

O mercado imobiliário do Distrito Federal teve uma aquecida “modesta” no ano passado. Segundo estudo do portal WImóveis, o valor da venda de casas e apartamentos usados subiu 1% em 2017. O preço médio apurado em dezembro foi de R$ 7.879 por metro quadrado.
Para compor a pesquisa, foram analisados 70 mil imóveis de todo o Distrito Federal anunciados para venda no site, entre dezembro de 2016 e dezembro de 2017.
 O Noroeste (foto em destaque) é a região mais cara da capital federal (R$ 9.847/m²). A variação é perceptível quando se muda de endereço. No Lago Norte, por exemplo, o preço médio é de R$ 7.990 por metro quadrado. No Cruzeiro, o valor é R$ 6.718, enquanto, no Guará, a cifra fica em R$ 5.118.
A pesquisa também revela as regiões com preço mais baixo no DF. É possível comprar o metro quadrado por R$ 3.047 em Santa Maria, R$ 2.876 em Sobradinho e R$ 2.870 em Vicente Pires.
Hora de comprar
Para o presidente da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF), Paulo Muniz, quem pretende realizar o sonho da casa própria deve correr. “Está passando da hora de comprar. Tivemos uma grande queda na oferta de imóveis novos, e não há lançamentos para repor essa oferta. A tendência é aumentar a venda de apartamentos usados”, afirma.

O levantamento também considerou o valor dos aluguéis e a lucratividade do investimento. Para isso, foram analisados apartamentos usados de 65m², dois dormitórios e uma vaga de garagem – os mais vendidos, segundo Mateo Cuadras, CEO do WImóveis.
Aluguel mais caro no Plano
O estudo revelou que o aluguel em Brasília custa quase o dobro da locação em outras cidades do DF, estimado em R$ 2.268 mensais. O Noroeste é o bairro com o valor mais salgado: média de R$ 2.956 mensais.

O metro quadrado para aluguel custa, em média, R$ 1.245 em Águas Claras e R$ 1.226 no Guará. As regiões mais baratas, segundo a pesquisa, são Riacho Fundo (R$ 885), Santa Maria (R$ 879) e Núcleo Bandeirante (R$ 829).
De acordo com a pesquisa, Sobradinho é a cidade mais lucrativa para o mercado dos aluguéis no Distrito Federal. “A rentabilidade média anual lá é de 7,6%”, diz Cuadras. Vicente Pires vem logo atrás, com percentual de 6,4%. Já Brasília registrou 5,6%, índice que permaneceu estável durante todo o ano passado.
“O mercado imobiliário do Distrito Federal é bastante heterogêneo, porém Brasília continua apresentando um cenário favorável para quem deseja investir, com uma rentabilidade média acima de outras metrópoles importantes, como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba”, reitera Mateo Cuadras.
Fonte: Metrópoles

LEIA TAMBÉM

 
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial