ELEIÇÕES 2018: CATÓLICOS TEM PRÉ CANDIDATO A FEDERAL PURO SANGUE

FOTO: Facebook - Dr. Paulo Fernando - Hamilton Silva
Dr. Paulo Fernando  em visita ao papa Francisco é militante pelas causas da família

Católicos X Evangélicos


Fala-se muito na capacidade dos evangélicos em constituir unidade e formar blocos quando os objetivos são comuns, entretanto os cristãos sempre tiveram papel preponderante nas relações de governo e poder. Na  capital, Brasília,  os Católicos Apostólicos Romanos sempre construíram efetivamente conquistas e contribuíram para grandes debates, neste caso, o grupo majoritário tem na figura do Dr. Paulo Fernando (PSDB-DF) uma representativa e combativa referência.
Os católicos e evangélicos formam uma bancada ainda maior quando convergem nas pautas referentes à aborto, família, Jogos de azar, drogas e outros.

Dr. Paulo Fernando 


De Piripiri, Piauí, nascido em 11 de junho 1967 tem uma vasta militância no campo do direito e movimentos sociais, presta assessoria no Senado Federal, por causa do seu conhecimento do Direito, mas dando aulas para jovens carentes em AMIGOS DO CONCURSO (em várias cidades satélites do DF) é que completa o político.

De fala mansa e muito solícito dr. Paulo Fernando emprestou seus conhecimentos para processar e cassar os direitos de advogar do ex deputado José Dirceu, exerceu também papel preponderante no impedimento da ex presidente Dilma Roussef. 

Com votação significativa (27.444), ficou à frente de nomes poderosos da política brasiliense como Sandro Avelar, Rafael Barbosa e Campanella e atrás somente de raposas felpudas: Eliana Pedrosa e Maria abadia, por exemplo.

Como diretor da Rádio Maria mantém contato direto com seu eleitor e vivencia o meio jornalístico sendo blogueiro da Associação Brasiliense dos Blogueiros de Política e como apresentador de programa de Rádio Federal. 

Cara nova na política


Nem tanto assim... respira há muito tempo esse meio, compôs a coligação "Por um Futuro Melhor" nas últimas eleições e tem pretensões de voar mais alto na próxima. O advogado de 50 anos tem sido procurado por várias legendas  para concorrer no pleito de 18.

Falta de quadros


Fala-se muito em desesperança e na falta de quadros, de opções  comprometidas na construção de uma sociedade melhor, mas com isenção e sem medo de errar grifo o nome do estimado e polivalente advogado como uma das opções que estarão pleiteando renovar a face da política em 2018. 


Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial