A ALEGRIA ACABOU: GASOLINA DEVE AUMENTAR


foto: Internet Hamilton Silva
A estatal, desde 30 de junho, avalia todas as condições do mercado para reajustar valores, o que pode ocorrer diariamente
A Petrobras elevará o preço da gasolina nas refinarias em 0,1% e o diesel em 2%. Os preços vão valer a partir desta sexta-feira (21/7).
A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira em 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.
Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode ocorrer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.
Distrito Federal

A nova política de revisão de preços adotada pela Petrobras é um alívio para o bolso do brasiliense. Desde 1º de julho, a estatal passou a reajustar constantemente os valores da gasolina e do diesel repassados pelas refinarias a postos em todo o país. No Distrito Federal, a redução tem feito diferença para os consumidores: nesta quarta-feira (19/7), a reportagem do Metrópoles encontrou o litro da gasolina comum sendo vendido até por R$ 2,94.

O consumidor deve aproveitar, já que o governo federal anuncia nesta quinta (20) o aumento do imposto sobre combustíveis. A expectativa é que eleve em até R$ 0,10 o preço do litro da gasolina.
O valor mais baixo foi localizado na QI 7 do Setor Industrial do Gama. No entanto, os consumidores já têm conseguido achar gasolina abaixo dos R$ 3 em outras localidades, como Taguatinga, Ceilândia, Asa Sul e Asa Norte. Na maioria dos casos, os menores preços são válidos somente para pagamentos em dinheiro ou com cartões de débito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

ENCONTRO DE ECONOMISTAS, FAÇA SUA INSCRIÇÃO

BOLSA DE NOVA YORK PÁRA