Pular para o conteúdo principal

AOS DESAVISADOS E APARTIDÁRIOS



Inúmeros foram os ataques que  recebi durante todo o processo político que vivemos nos últimos meses, por partidários e por não aliados de siglas. Há uma precarização e banalização do conteúdo devasto corruptível que pauta nossa sociedade.
Emitir a opinião que considero importante independente das posições e dos infortúnios  que os gestores de hoje enfrentam nos levam a sofrer muitas críticas e comentários maldosos.
 Li o texto abaixo ontem à noite e identifiquei uma gama de elementos que quero destacar para colegas e não colegas que geraram dentro do sua ignorância um ódio sem causa. Obrigado amigo leitor.


A pobreza intelectual do debate sobre a Operação Lava Jato é deprimente. Nos que iniciamos a investigação sabíamos que ela ia além do partido no poder. Sabíamos que chegaríamos aqueles que comandam o Brasil desde a redemocratização. E, observe-se, o PMDB esteve em todos os governos desde aquela época.


Assim, se o PT institucionalizou a corrupção na sua organização - por isso tantos tesoureiros do partido processados, o PMDB sempre foi uma confederação de caciques ou seja, de organizações criminosas autonomas, divididos basicamente em suas duas bases principais, o PMDB da Câmara dos Deputados e o PMDB do Senado.

Todos esses partidos, e outros igualmente, vêm usando historicamente de esquemas criminosos para se financiar. Em outras palavras, de corrupção pura e simples. Vejam o histórico de escândalos que vivemos desde o governo Sarney.

E mais, esses partidos são falsos inimigos uns dos outros, divertindo-se em dividir a sociedade ideologicamente, quando na verdade são exatamente farinha - apodrecida - do mesmo saco.

Apesar desse fato ser evidente nas revelações dos colaboradores e das provas produzidas, ainda vejo tolas manifestações maniqueístas a favor do PT contra Temer, a favor de Temer contra Lula, a favor de Aécio contra os dois, ou ainda a favor de aventureiros totalitarios contra a própria democracia.

É impossível ver qualquer argumento inteligente nessa confusão. Temer pode ter comandado a organização do PMDB da Câmara dos Deputados, assim como Lula comandou a organização do PT, e assim por diante. Não transformemos uns em santos só porque não gostamos dos outros.

Essas organizações viveram, conviveram, e trocaram favores entre si enquanto incentivavam a divisão da população em ideologias que sequer acreditavam.

Precisamos nos unir em torno de princípios, e não pessoas ou partidos. Unir-nos contra a corrupção, contra o abuso do poder econômico, a favor da democracia, da meritocracia, da igualdade de todos perante a lei, do respeito do bem comum, e da tolerância entre as pessoas

Carlos Fernando dos Santos Lima é Procurador Regional da República, lotado na Procuradoria Regional da República da 3º região em São Paulo. Atualmente atua na força-tarefa Operação Lava Jato, em Curitiba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Notícias do Planalto Central

Simbologia  A imagem (foto) marcante e mais simbólica da semana foi sem dúvida nenhuma a do governador Ibaneis Rocha na Ceilândia cercado de políticos "peso pesados" da Capital. Ladeado de Flávia Arruda (PL) o encontro sinaliza para uma aliança sólida neste ano de 2022.  'Puliça' O encontro de Ibaneis foi no reduto mais cobiçado da Capital, a Ceilândia (maior colégio eleitoral do DF), onde a foto fala mais do que qualquer palavra. O anfitrião,   o delegado Fernando Fernandes estava com sorriso de orelha a orelha com apoio e prestígio. O delegado deverá se filiar ao partido Republicanos com a benção de Ibaneis.  Volta à Cena O empresário e ex-senador  Luiz Estevão que agora goza de liberdade volta aos pouquinhos à cena política e parece já influenciar definitivamente alguns poucos  políticos da Capital, principalmente os distritais. Luiz tem política nas veias e participou discretamente de algumas "confras" ao lado da esposa Cleucy.   Decisão Fraga erra na tá

Coluna: Notícias do Planalto Central

Ex-governador Rollemberg Marketing reverso Na última semana de 2021, antes de assumir sua candidatura a deputado federal o ex-governador Rodrigo Rollemberg publicou um vídeo em que dizia do quanto dá trabalho cuidar das suas bezerrinhas. Fico imaginando o quanto é trabalhoso cuidar do seu curral eleitoral . Em tempo: no vídeo o político aparece todo sujo de esterco. Carnaval Atendendo a oração de muitos e mais ainda ao avanço de uma outra onda do vírus chinês o governador Ibaneis Rocha(MDB) cancelou o Carnaval de rua no DF. Ontem o vice Paco Britto anunciou não descartar um novo lockdown. "Saúde acima de tudo!"   Evangélicos Viver um paradoxo real é também ato de fé, na proporção em que a falta de Carnaval faz mal ao comércio e ao turismo da cidade, a pandemia do vírus chinês também faz mal à população deixando um rastro de pobreza (desemprego) e morte . O discurso dos evangélicos com referência ao fechamento das igrejas precisa encontrar um ponto de convergência ou

Coluna: Noticias do Planalto Central

Recesso Depois de duas semanas de folga a coluna Notícias do Planalto Central volta no mesmo ritmo da Câmara Legislativa: com muita leitura e atento aos movimentos dos deputados. Assim como muitos deles sedento por informações, já que estão com a boca fechada e não abrem por nada. Nesta fase de negociações os segredos devem ser preservados.  Busca por um partido Nesta toada de observações muitos distritais estão desesperados por um "lugar ao sol". Explico: Muitos dos que hoje são deputados não o serão no próximo verão. Mas não é só por causa das novas regras, a tal clausula de barreira e sim porque muitos dos excelentíssimos deixaram a desejar e são muitos ruins mesmo.  Mulheres Este colunista discorreu a relevância das mulheres nas próximas eleições e destaquei aquelas que irão concorrer à uma vaga de deputada federal. Leia lá .  O jogo muda completamente quando falamos das mulheres na Câmara Legislativa do DF. As distritais que hoje ocupam duas cadeiras poderão ficar ainda