Pular para o conteúdo principal

LUIZ ESTEVÃO REVELA O QUE TODOS SABIAM, MAS NINGUÉM TEVE A CORAGEM DE DIZER EM PÚBLICO NEM ELE MESMO


Hamilton Silva:Economista e blogueiro
Todos os brasileiros sempre comentaram, até maldosamente, que Brasília era infestada de corruptos e os nascidos aqui sempre defendemos nossa cidade como sendo uma cidade que importava corruptos e os que aqui moram nada tem a ver com essas pessoas. Em suas falas nas gravações Luiz Estevão descreve uma triste realidade que insistíamos em negar. Ele quebra um paradigma da importação e nos leva refletir sobre nossos votos. Conservadores ou não, de esquerda ou direita, azul, vermelho, verde ou laranja não sobra cor, noventa por cento é muita coisa e Brasília já foi corrompida em sua base.

As declarações do ex senador em áudio gravado nas conversas com a deputada Liliane Roriz, quando estava em liberdade condicional, não só revela o mar de lama que se instalara na capital desde seu Nascedouro, mas efetivamente indica para uma pratica comum entre os endinheirados e todos os "90% dos  caras" que  circundam o poder político/econômico brasiliense ratificando o dito popular. Para meu espanto e tristeza. 

É assustador a maneira como milionário cartola de futebol se descreve "único ladrão diplomado"e como promete revelar quem são os bandidos sem diploma. E não só de Brasília mas de todo o Brasil. Estupefato fiquei, mas não em saber que havia tantos desonestos, mas em saber que somente um foi diplomado. Aí vai meu apelo aos agentes responsáveis por diplomas tão escassos em diplomar mais alguns tão expertos em manipular o tráfico de influências e conduzir sua sabedoria divina ao mau trazendo consequências nefastas aos 10% honestos que trabalham desmotivados e excluídos das negociatas.

Cabe informar que o ex -Senador sempre teve fácil transito não só nos corredores do Congresso Nacional, mas também nos corredores dos negócios mais volumosos que envolvem os mais ricos da república  Por sinal ele próprio é de fato um dos homens mais ricos do país. Então suponho que deve saber muito.

Realmente gostaria de ver estampado nos jornais todos os nomes que foram ajudado por ele. Mas creio que isso não será possível primeiro por causa do "segredo de justiça" e depois por causa da "justiça" que corre em segredo. Explico: quem sabe da história, com profundidade, da construção do TRT de São Paulo, não pode esquecer que um magistrado foi pra cadeia porque surrupiou dinheiro público, lembram um tal Lalau? Quem garante que não tem mais algum nessa mesma situação eu diria até mais alguns. É só uma insinuação. Mas quem de fato a polícia prendeu desse Poder ? Quase ninguém. 

Cabe um alento. Veio à tona algum fato novo que precisa ser apurado. Avançamos.
Leia a matéria completa clicando no link 
http://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/grampos-luiz-estevao-diz-que-contara-quem-sao-os-bandidos-da-capital

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000