Pular para o conteúdo principal

POLÍTICA NO DF: BRASÍLIA E SEUS DIAS DE CORRUPÇÃO


Brasilia-e-a-Corrupção
A capital de todos os brasileiros não é movida só pela má conduta de determinados políticos. Há uma Brasília propositiva, longe dos holofotes.

Brasília vive dias de corrupção novamente. Parece novela. E a cada momento surgem novos capítulos de uma série de terror que assombra parlamentares e toda sua trupe. O nome da cidade é cada vez mais estremecido por conta de escândalos envolvendo o alto escalão político. Já vimos esse cenário no Executivo e no Legislativo, com vídeos, áudios e fotos, que corroem a imagem da capital brasileira. Uma mancha que poderá levar décadas para ser recuperada.

Não adianta reclamar no sofá. Gritar no twitter. Soltar o verbo no snapchat e até fazer movimento no whatsApp. É preciso voltar para às ruas e cobrar respeito e transparência com o dinheiro público, pois a imagem de Brasília e a história construída pelo visionário Juscelino Kubitschek, que hoje estaria envergonhado por tanta obstrução do nome da capital do país.

Mesmo com este cenário obscuro. É preciso ter fé e acreditar, em uma Brasília propositiva e vista por outro ângulo. Afinal, engana-se quem pensa que é só de corrupção que vive o quadrilátero do cerrado. Aqui, temos quase 3 milhões de habitantes, divididos em 32 cidades e que constroem suas histórias, longe do epicentro midiático e sem equilíbrio que enxergamos na mídia.

São empreendedores, comerciantes, artistas e pessoas que muito além da política, lutam cada dia pela sua história, sua vida e que necessitam de serviços públicos de qualidade, pois pagam suas contas e merecem uma excelência em gestão e atendimento público, pois se medirmos a qualidade e compararmos com o elevado custo para manter uma casa com serviços básicos.
Mas, longe dos holofotes, há brasilienses que constroem a Brasília do João, da Maria, do Seu Gomes e assim por diante. Uma cidade de produtores e de empreendedores, que ao longo dos mais de 50 anos puderam coexistir e fazer desta cidade sua longa história de vida. Nós, brasilienses, não podemos esmorecer por conta dos dias de sombra que permeiam a nossa cidade. É preciso estufar o peito e ter fé em dias melhores. Em representantes que façam jus ao voto que recebeu e principalmente, a história política e cultural que é construída por nós, que escolhemos e acolhemos essa cidade como nossa.
Eldo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

BRASIL É SEXTA ECONOMIA

  A Crise ajuda o Brasil EUA, China, Japão, Alemanha, França, Brasil essa é a nova ordem. Afirma o Centro de Pesquisa de Economia e Negócios do Reino Unido (CEBER, sigla em inglês). A China deverá crescer 7,6% e a Índia deverá crescer 6% o Brasil, segundo autoridades brasileiras deverá crescer em torno dos 3,5% se consolidando como a sexta economia mundial. O Reino Unido só não vai ficar mais desesperado porque a França indica um queda significativa para os próxmios anos. PIB de 2,5 trilhões de dólares A soma de todos os bens e serviços (Produto Interno Bruto-PIB) se mantem entre os maiores mundiais, o contraponto é justamente aquele que o Partido dos Trabalhadores sempre usou como principal bandeira, o social, que precisará de muita atenção da chefe do executivo. Com a decisão de elevar o salário mínimo para R$ 622,00 fará com que se  tenha uma acréscimo de 0,4 pontos percentuais no PIB de 2012. Fato muito importante para a manutenção da política econômica. A indústria