A indústria brasileira parece ter recuperado a confiança na economia. Pelo menos é o que mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), que alcançou 51,5 pontos em agosto, registrando um aumento de 4,2 pontos em relação ao mês de julho. Foi a primeira vez desde março de 2014 que o indicador ficou acima da linha divisória dos 50 pontos. O estudo é da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os valores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Quanto mais acima de 50, maior e mais disseminada é a confiança.
A atual tendência de recuperação da confiança dos empresários acontece desde abril. No período, o índice aumentou 14,7 pontos, diz a pesquisa. Segundo a CNI, os empresários aguardam as reformas prometidas pelo presidente interino Michel Temer para ver a recuperação da economia se consolidar.