O INSTRUMENTO DE GREVE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Divulgação
A paralização dos serviços de uma empresa é uma manifestação legítima que os trabalhadores lançam mão para pleitear junto às empresas direitos e melhorias muitas vezes renegadas e sem as quais o desempenho das tarefas diárias desses trabalhadores podem colocar em risco inclusive a sua segurança e a dos seus usuários.



É claro que a população usuária desses serviços sente o impacto no seu dia a dia da ausência da prestação desse serviço e muitos se revoltam e ficam contra a greve. Entretanto, a reflexão que deve ser feita é que muitas vezes a subtração por alguns dias e a falta que estes serviços fazem é o único instrumento disponível para que a direção dessas empresas estabeleçam um diálogo e seja possível ouvir as reais necessidades dos trabalhadores.

Ainda que as consequências das mobilizações nos prejudiquem num primeiro momento, cabe considerar que também fazemos parte de uma parcela da sociedade trabalhadora e que hoje pode ser uma categoria e amanhã  seja justamente aquela da qual façamos parte que se manifeste,  afinal, estamos todos juntos não apenas em busca de melhorias salariais ou de condições melhores de trabalho mas de uma sociedade feita por empresas e empregados em condições de prestar um serviço à sociedade de forma adequada e respeitosa para ambas as partes.

Walesca Borges
Analista Legislativo

Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial