Pular para o conteúdo principal

Encontrão reúne partidários do PPS

Foto site da deputada Celina Leão
Parlamentares do PPS
Perspectivas Políticas e o Poder Local’ foi tema do Encontrão do PPS DF no auditório da Câmara Legislativa do DF, neste sábado (25), quando estiveram reunidos os parlamentares filiados ao partido, no DF, como a deputada Celina Leão, presidente da CLDF, deputado Raimundo Ribeiro, e o senador Cristovam Buarque, que foram recebidos pelo presidente do PPS-DF, Francisco Andrade.
O encontro foi a oportunidade para que os militantes debatessem os problemas enfrentados pela capital federal e possíveis soluções. Participaram do encontro membros dos Diretórios Zonais e dos Diretórios das cidades do Entorno do DF, assim como integrantes da Região Integrada de Desenvolvimento (Ride), que apresentaram propostas de solução para os diversos problemas enfrentados pelas respectivas regiões.
O objetivo deste evento é o de dar início à Conferência das Cidades a se realizar no segundo semestre, destacando temas relacionados ao DF e Entorno, com vistas ao calendário eleitoral 2016/2018.
Celina destacou que o trabalho conjunto na CLDF, entre os parlamentares, tem proporcionado a boa avaliação que a Casa tem tido perante a sociedade. “Esse resultado vem do trabalho de forma coletiva”, aproveitando para ressaltar que sente orgulho de trabalhar ao lado de Raimundo Ribeiro, que também optou pela sigla.
A presidente da CLDF estava atenta aos temas apresentados e enfatizou que as pessoas falaram muito sobre as perspectivas do governo. “Nosso sentimento é de que não temos governo. Temos uma continuidade daquilo que lutamos de forma combativa na gestão do Agnelo, como oposição do governador. É uma gestão ineficiente, que não alcança a população, por falta de comando, de decisão”, lamentou a parlamentar.
Celina disse que espera que o PPS possa contar com isso. “O político de verdade muda a vida das pessoas naquilo que realmente é o seu dia a dia. Seja no trânsito e no hospital. A nossa luta atual é pelo Uber, uma vez que as pessoas já se acostumaram com esse serviço por meio do aplicativo. As pessoas, hoje, também querem a uberização da política, que a gente resolva os problemas delas num clique. Esse é o nosso desafio”, explicando que a população quer que os políticos se modernizem também. “E que os recursos possam chegar nas comunidades com a eficiência da tecnologia. Essa é a nossa mensagem de trabalho e de luta. Eu tenho a certeza de que com essa equipe que temos aqui, senador, vale lembrar o que foi dito aqui, que o PPS é um partido de todos, mas não de qualquer um. Isso foi fantástico porque todos que querem construir, têm de fazer a diferença. E quem quer trabalhar também são bem-vindos. Mas os que querem roubar, que quer o poder pelo poder, realmente é qualquer um”, sublinhou.
A parlamentar disse ainda que o político tem de fazer o seu melhor. “Precisamos muito que o nosso partido esteja presente na nossa cidade, as responsabilidades da CLDF nós vamos incrementar e tenho a certeza de que aqui na Casa não estamos sozinhos”.
O presidente do PPS, Francisco Andrade, destacou o papel importante dos parlamentares do DF na sigla, esclarecendo a posição ‘parlamentarista’ do partido.
Na sequência, o PPS visa, com este ‘Encontrão’, possibilitar que o partido cresça com qualidade e se prepare, politicamente, para ser a alternativa ‘decente’ para a população do Distrito Federal. Para os dirigentes do PPS é preciso conhecer, e bem, os problemas e as potencialidades das comunidades com as quais se relacione, assim como apontar as saídas para as graves e repetidas questões que preocupam Brasília e as cidades que a cercam.
ASCOM da Deputada Celina Leão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

BRASIL É SEXTA ECONOMIA

  A Crise ajuda o Brasil EUA, China, Japão, Alemanha, França, Brasil essa é a nova ordem. Afirma o Centro de Pesquisa de Economia e Negócios do Reino Unido (CEBER, sigla em inglês). A China deverá crescer 7,6% e a Índia deverá crescer 6% o Brasil, segundo autoridades brasileiras deverá crescer em torno dos 3,5% se consolidando como a sexta economia mundial. O Reino Unido só não vai ficar mais desesperado porque a França indica um queda significativa para os próxmios anos. PIB de 2,5 trilhões de dólares A soma de todos os bens e serviços (Produto Interno Bruto-PIB) se mantem entre os maiores mundiais, o contraponto é justamente aquele que o Partido dos Trabalhadores sempre usou como principal bandeira, o social, que precisará de muita atenção da chefe do executivo. Com a decisão de elevar o salário mínimo para R$ 622,00 fará com que se  tenha uma acréscimo de 0,4 pontos percentuais no PIB de 2012. Fato muito importante para a manutenção da política econômica. A indústria