Ainda sobre o governo provisório de Michel Temer

 
Opinião foto da internet

GovernoTemer

Não tem muito tempo para realizar o que precisa ser feito, principalmente nas questões financeiras que agonizam e tendem a exigir ainda mais dos gestores comprometidos. Na gestão econômica é necessário que haja um planejamento no médio e longo prazo, inclusive isto é imposto pela PPA, LOA e LDO.


Os sinais que podem fazer o Governo décolar

Baixa da inflação, baixa dos juros, refluxo do desemprego 
Previdência, pacto federativo, e por ultimo a reforma política .
O aparelhamento do governo pelos petistas devem ter uma reduzida com cortes de despesas na administração pública de forma geral

Meirelles explicou que, de 1997 a 2015, as despesas primárias passaram de 14% para 19% do Produto Interno Bruto (PIB), com crescimento médio anual de 0,3 ponto percentual e de 5,8% acima da variação do IPCA. “As despesas do setor público se encontram em trajetória insustentável”, disse


Ministros Políticos


A indicação feita pelos congressistas leva aos ministérios políticos manchados por comportamentos que resultam numa demissão precoce.

A data de validade do governo se compromete caso sejam nomeados novos corruptos para pastas que tem orçamentos gigantescos. A sociedade não permitirá a nomeação de pessoas que tentem barrar a Lava Jata ou que estejam envolvidos em "esquemas", será que o Brasil mudou?. 

Por outro lado depender dos congressistas para por em práticas as mudanças não nos livra dos "maus", pelo contrário, por isso será dificil ter "santos" gerindo os recursos nos ministérios com vacância. Isso se explica pela origem da base governista. Essa refopm


O começo do Fim


Ao desmontar o governo comunista do PT as guerras na estrutura governamental petista e suas diretrizes já começou.

Uma delas é  muito importante,  a votação da DRU (Desvinculação da Receita da União) veja o video http://www.hamiltonsilva.com/2011/11/o-que-e-dru-desvinculacao-de-receitas.html- A DRU é uma medida provisória, que surgiu em 1995, que permite ao Governo Federal desvincular 20% da arrecadação de contribuições, que teriam um destino específico (garantido pela Constituição de 88) como saúde e educação pública, direcionando esses recursos para outros gastos, principalmente com gastos relacionados ao pagamento de juros da dívida pública. nesta quarta feira, dentre outras como: Maria Silvia Bastos Marques elabora novas diretrizes para a concessão de crédito do BNDES.  O BNDES não deve financiar o empresário que tem crédito no mercado, muito menos emprestar dinheiro para que uma empresa compre outra defende a nova presidente da instituição bancária.

Conclusão

Depois do processo traumático de afastamento, mesmo que provisório da presidente Dilma Roussef a palavra que deve estar na pauta é TRABALHO, sim o estrago foi grande e o trabalho que se tem para consertar  é muito maior.
  






Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial