Pular para o conteúdo principal

Dinheiro vc. Tempo

Tempo, definitivamente, não é uma variável mensurável para nós.Linha - de apenas 12 km - do metrô de Salvador foi concluída após 16 anos.Dinheiro também não é mensurável.
Esse trecho do metrô custou R$ 1,4 bilhão, mais que o triplo dos R$ 350 milhões orçados.
Por essas e outras, é difícil se empolgar com programas de concessões.
 
 
Metrô de Salvador é inaugurado
 
Raio-x do Metrô de Salvador
AnoAndamento
1997Projeto de metrô é formulado pela prefeitura de Salvador, que busca financiamento
1999Consórcio formado por Andrade Gutierrez, Camargo Correa e Siemens assume a obra
2000Obras civis são iniciadas, com previsão de conclusão da linha 1 em 2003
2005Projeto da linha 1 é reduzido a 6km e ganha apelido de metrô
2006TCU detecta irregularidades como ausência de planilhas orçamentárias da obra
2008Trens do metrô chegam a Salvador. Ficariam dois anos guardados num galpão ao custo de R$ 80 mil por mês
2009Obra entra na mira da operação Castelo de Areia, posteriormente anulada
2012TCU detecta sobrepreço de R$ 166 milhões, em valores da época, nas obras.
2013Gestão do metrô é repassada para governo do Estado. Obra é assumida pelo Grupo CCR
2014Linha do metrô começa a funcionar em fase de testes
2015Conclusão do projeto inicial da linha 1
Início das obras: 1999
Extensão: 12km
Número de estações: 8
Total investido: R$ 1 bilhão

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000