CEB tem contrato de concessão prorrogado por mais 30 anos

O governador Rodrigo Rollemberg anunciou nesta terça-feira (22) a prorrogação do contrato de concessão com a Companhia Energética de Brasília (CEB) por mais 30 anos. A extensão vem depois de a empresa conseguir reduzir dívidas e investir cerca de R$ 70 milhões no sistema de energia do Distrito Federal em 2015, mesmo diante de crise financeira interna.

"É uma empresa que enfrentou muitas dificuldades financeiras, mas que foram saneadas em 2015. Isso permitiu a renovação do contrato por mais 30 anos", disse o governador durante a cerimônia que ocorreu no Palácio do Buriti.

De acordo com a direção da CEB, no início do ano a dívida da companhia era de R$ 390 milhões. Após trabalho de redução de gastos e de saneamento das contas da estatal, a dívida está em cerca de R$ 250 milhões. 
Rodrigo Rollemberg: Governador
A companhia é formada por uma empresa central de distribuição, responsável por 95% do rendimento, e de outras pequenas participações em corporações associadas.autoriza a CEB a alienar ações de empresas de que é sócia. O valor a ser arrecadado com a operação terá de ser usado para investimentos, pagamentos de tributos e amortizações de dívidas da própria CEB.

"A CEB distribuição não será vendida. A empresa maior está sendo reforçada e revitalizada, com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço, com manutenção preventiva e redução da quantidade de pequenos apagões", explicou o diretor-presidente da companhia, Ary Joaquim da Silva, durante a solenidade de assinatura de prorrogação de contrato de concessão.

A CEB tem receita líquida de R$ 1,8 bilhão e atende aproximadamente 1 milhão de unidades consumidoras em todo o Distrito Federal. Esse número representa 1,25% do consumo de energia no País.
 
Ag. Brasília
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial