Pular para o conteúdo principal

Raio X das Greves

Governador suspendeu reajustes alegando falta de dinheiro em caixa. Impacto com aumentos seria de R$ 400 milhões, informou Executivo.
Por Raquel Morais, do G1 DF – Desde que o governador Rodrigo Rollemberg anunciou a suspensão dos reajustes concedidos de forma escalonada em 2013, diversas categorias do funcionalismo público entraram em greve no Distrito Federal. A medida foi tomada sob a alegação de falta de dinheiro em caixa para os repasses. O impacto até o final do ano seria de R$ 400 milhões, de acordo com o Executivo.
AS GREVES DO FUNCIONALISMO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL
CATEGORIAINÍCIOADESÃOREAJUSTE PENDENTEOUTRAS REIVINDICAÇÕESIMPACTO NOS SERVIÇOSSITUAÇÃO JUDICIAL
Técnicos e auxiliares em enfermagem7 de outubro70% dos
14 mil servidores
6,95%Jornada de 20 h semanais, em vez das atuais 24 hExames, marcação de consultas e vacinação estão suspensosIlegal
Médicos8 de outubroSem estimativa. Rede pública tem 4,6 mil médicos.5%– Fiscalização de programas de residência
– Plano de carreira e de valorização
– Garantia de medicamentos e insumos
– Respeito à fila de transferência dos profissionais
– Pagamento de horas extras
Atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas estão suspensosIlegal. Sindicato recorreu
Professores15 de outubro70% dos
33 mil servidores
3,5%– Pagamento integral do 13º de  novatos
– Respeito à jornada de trabalho
Aulas nas escolas públicas, técnicas, centros de línguas e Escola de Música estão suspensasIlegal
Agentes do DER8 de outubroNão informado6,77%Suspensão da reversão de faixas e de fiscalizações de trânsitoNão foi judicializada
Agentes do Detran27 de outubro100% dos 1,3 mil servidores5%– Pagamento no dia 30, em vez do 5º dia útil do mês
– Redução da jornada de trabalho de 40 h para 30 h
– Reforma e modernização de instalações
– Fornecimento de colestes balísticos para os agentes
– Reajuste na gratificação de titularidade
Vistoria de veículos, emissão de documentos, fiscalização de trânsito, apreensão e liberação de veículos, processos de obtenção de renovação de CNH e análise de recursos de multas estão suspensosNão foi judicializada
Metroviários3 de novembro75% de
1,2 mil
8,9%– Convocação dos aprovados no concurso de 2013
– Execução dos projetos de modernização do sistema
– Redução do número e valor de contratos de terceirização
Catracas foram liberadas e o número de trens em circulação diminuiu. O Metrô decidiu suspender todo o serviço, alegando falta de segurançaCategoria se reúne com direção da empresa para audiência de conciliação nesta quarta.
Na Hora8 de outubroSem estimativaEstão suspensas a emissão de carteiras de identidade, consultas a processos em 15 órgãos do GDF e emissão de 2ª via de contasNão foi judicializada
Ibram8 de outubroSem estimativa16,41%Estão fechados  10 dos 12 parques do DF. Apenas Águas Claras e Sudoeste permanecem em funcionamentoNão foi judicializada
Políticas Públicas e Gestão Governamental8 de outubroSem estimativa12,51%Estão suspensas as atividades meio nas administrações regionais e nas secretarias de Estado, como autorização para festas ou comércio em áreas públicasNão foi judicializada
Gestão de apoio à Polícia Civil8 de outubroSem estimativa12,01%Suspensas as atividades administrativas de suporte à corporaçãoNão foi judicializada
Músicos da Orquestra Sinfônica8 de outubroSem estimativa8,93%Não foi judicializada
Atividades culturais8 de outubroSem estimativa12,23%Estão suspensos trâmites na Secretaria de Cultura, como análise de projetosNão foi judicializada
Servidores da Novacap3 de
novembro
80% de
2,2 mil
– Pedem reposição inflacionária, que dizem ser de 10%. Não foram beneficiados em 2013 com o reajuste escalonadoEstão suspensas podas e recuperação de asfaltoNão foi judicializada

O governador chegou a apresentar um plano para pagamento dos reajustes a partir de outubro do ano que vem, que desagradou servidores. Parte só voltou ao trabalho depois de a Justiça decretar os atos ilegais, como agentes penitenciários, servidores do sistema socioeducativo e funcionários do Hemocentro.
A suspensão dos reajustes integra um pacote anticrise, que traz ainda aumento nas tarifas de ônibus e metrô, implantação de um plano de demissão voluntária nas empresas públicas, aumento de impostos e nos valores de entrada do zoológico e dos 13 restaurantes comunitários. O DF tem 141 mil servidores públicos.

Fonte: Blog do Callado

Postagens mais visitadas deste blog

Notícias do Planalto Central

Simbologia  A imagem (foto) marcante e mais simbólica da semana foi sem dúvida nenhuma a do governador Ibaneis Rocha na Ceilândia cercado de políticos "peso pesados" da Capital. Ladeado de Flávia Arruda (PL) o encontro sinaliza para uma aliança sólida neste ano de 2022.  'Puliça' O encontro de Ibaneis foi no reduto mais cobiçado da Capital, a Ceilândia (maior colégio eleitoral do DF), onde a foto fala mais do que qualquer palavra. O anfitrião,   o delegado Fernando Fernandes estava com sorriso de orelha a orelha com apoio e prestígio. O delegado deverá se filiar ao partido Republicanos com a benção de Ibaneis.  Volta à Cena O empresário e ex-senador  Luiz Estevão que agora goza de liberdade volta aos pouquinhos à cena política e parece já influenciar definitivamente alguns poucos  políticos da Capital, principalmente os distritais. Luiz tem política nas veias e participou discretamente de algumas "confras" ao lado da esposa Cleucy.   Decisão Fraga erra na tá

Coluna: Notícias do Planalto Central

Ex-governador Rollemberg Marketing reverso Na última semana de 2021, antes de assumir sua candidatura a deputado federal o ex-governador Rodrigo Rollemberg publicou um vídeo em que dizia do quanto dá trabalho cuidar das suas bezerrinhas. Fico imaginando o quanto é trabalhoso cuidar do seu curral eleitoral . Em tempo: no vídeo o político aparece todo sujo de esterco. Carnaval Atendendo a oração de muitos e mais ainda ao avanço de uma outra onda do vírus chinês o governador Ibaneis Rocha(MDB) cancelou o Carnaval de rua no DF. Ontem o vice Paco Britto anunciou não descartar um novo lockdown. "Saúde acima de tudo!"   Evangélicos Viver um paradoxo real é também ato de fé, na proporção em que a falta de Carnaval faz mal ao comércio e ao turismo da cidade, a pandemia do vírus chinês também faz mal à população deixando um rastro de pobreza (desemprego) e morte . O discurso dos evangélicos com referência ao fechamento das igrejas precisa encontrar um ponto de convergência ou

Coluna: Noticias do Planalto Central

Recesso Depois de duas semanas de folga a coluna Notícias do Planalto Central volta no mesmo ritmo da Câmara Legislativa: com muita leitura e atento aos movimentos dos deputados. Assim como muitos deles sedento por informações, já que estão com a boca fechada e não abrem por nada. Nesta fase de negociações os segredos devem ser preservados.  Busca por um partido Nesta toada de observações muitos distritais estão desesperados por um "lugar ao sol". Explico: Muitos dos que hoje são deputados não o serão no próximo verão. Mas não é só por causa das novas regras, a tal clausula de barreira e sim porque muitos dos excelentíssimos deixaram a desejar e são muitos ruins mesmo.  Mulheres Este colunista discorreu a relevância das mulheres nas próximas eleições e destaquei aquelas que irão concorrer à uma vaga de deputada federal. Leia lá .  O jogo muda completamente quando falamos das mulheres na Câmara Legislativa do DF. As distritais que hoje ocupam duas cadeiras poderão ficar ainda