Pular para o conteúdo principal

Liliane Roriz comemora chamamento público para trem Brasília-Luziânia

Após assumir o protagonismo na busca pela construção de uma ferrovia que ligue Brasília a Luziânia, a deputada distrital Liliane Roriz comemorou nesta quinta-feira, 17 de setembro, a publicação do chamamento público que autoriza estudos de viabilidade para exploração dos serviços. A parlamentar havia reunido, em agosto, governadores de Goiás e do DF, Marconi Perillo e Rodrigo Rollemberg, com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, para tratar do assunto. O trem Brasília-Luziânia será a primeira ferrovia de transporte de passageiros por meio de Parceria Público Privada (PPP).
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou hoje no Diário Oficial da União (DOU) o Chamamento Público. Mais de um milhão de pessoas podem ser beneficiadas com o transporte ferroviário entre as duas cidades. Para o dia 30 de outubro está prevista ainda a publicação do Chamamento Público para estudos da ferrovia que vai ligar Brasília a Goiânia.
“Sempre acreditei no projeto. A ferrovia é a saída para amenizar o problema das nossas vias. Hoje uma viagem de Brasília a Luziânia pode levar mais de duas horas, dependendo do horário. Estudos mostram que 15% dos trabalhadores do DF são do Entorno. Não era mais possível fechar os olhos para esse tipo de transporte público que já funciona há anos em todo o mundo”, afirmou Liliane.
Deputada Distrital Liliane Roriz
O projeto para ligar Brasília a Luziânia por meio de uma ferrovia foi idealizado pelo ex-governador Joaquim Roriz que chegou a apresentar o projeto ao governador Perillo. “Esse trem representa uma nova política pública de transporte ferroviário no país e beneficia muito os moradores da região do Entorno, que sofrem muito com o transporte público existente. Tomei esse projeto como questão de honra”, ressalta a distrital.
Liliane foi a grande responsável por buscar o entendimento entre os governos do DF e de Goiás com o governo federal para tirar o projeto de Roriz do papel. “Porém, não adiantaria nada, em meio a um país em crise, acreditar que essa obra seria realizada com dinheiro público. Então, apresentei o projeto para dezenas de empresas internacionais, inclusive estatais, para que elas entendessem a importância do projeto e a ferrovia fosse feita por meio de uma PPP”, explica a deputada.
De acordo com o Edital, à disposição dos interessados, a ferrovia terá 76 km e 14 estações entre Luziânia e a Rodoferroviária (DF). Moradores de Cidade Ocidental, Novo Gama, Santa Maria, Valparaíso, Jardim Ingá, Gama, Céu Azul, entre outras, serão beneficiados.
O projeto prevê duas linhas, sendo que a que existe será reaproveitada. A segunda será construída a partir do momento que a primeira entrar em operação.
Fonte: Assessoria da deputada Liliane Roriz

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000