Os quatro maiores clubes endividados do Brasil.

Gasto e receitas
As receitas dos clubes de futebol cresceram apenas 9% em 2013, após três anos de altas expressivas. Por outro lado, as dívidas cresceram 22%, ou R$ 681 milhões.

Esses dados refletem o panorama da saúde financeira das entidades. Os clubes de futebol brasileiros gastam mal seus recursos, com poucos investimentos pensados para o longo prazo e uso de soluções imediatas para fechar o caixa, nem sempre recomendáveis.

É o que avalia um relatório da Área de Crédito do Itaú BBA. A análise foi baseada exclusivamente em informações públicas e sem contato com os clubes e descreve gastos, investimentos, dívidas e patrimônio dos 23 maiores clubes de futebol brasileiros.

Veja em seguida os principais números dos clubes de futebol, organizados por ordem de dívida líquida.

1. Atlético Paranaense
Receita total: R$74 milhões
Variação da receita em relação a 2012: 17%
Ebitda: R$-19 milhões
Dívida líquida em 2013: R$206 milhões
Variação da dívida em relação a 2012: 83%

2. Atlético Mineiro
Receita total: R$228 milhões
Variação da receita em relação a 2012: 39,8%
Ebitda: R$44 milhões
Dívida líquida em 2013: R$169 milhões
Variação da dívida em relação a 2012: 6%

3. Flamengo
Receita total: R$ 273 milhões
Variação da receita em relação a 2012: 29%
Ebitda: R$ 75 milhões
Dívida líquida em 2013: R$ 100 milhões
Variação da dívida em relação a 2012: 32%

4. São Paulo
Receita total: R$ 363 milhões
Variação das vendas em relação a 2012: 28%
Ebitda: R$ 118 milhões
Dívida líquida em 2013: R$ 78 milhões
Variação da dívida em relação a 2012: -69%


Observação :  
O que é EBITDA:

EBITDA é a sigla de “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization”, que significa "Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização", em português.

O EBITDA é um indicador financeiro, também chamado de Lajida, e representa quanto uma empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem contar impostos e outros efeitos financeiros.

O EBITDA é importante para os empresários e administradores de empresas, pois dá a possibilidade deles não analisarem apenas o resultado final da organização, e sim o processo com um todo, e esse indicador é bastante utilizado no mercado de ações.

O EBITDA é utilizado essencialmente para analisar o desempenho das organizações, pois ele é capaz de medir a produtividade e a eficiência da empresa, um ponto que é essencial para o empresário que pretende investir. O termo é bastante utilizado por analistas financeiros em análise de balanços de contabilidade de empresas de capital aberto.


Compartilhe esse post
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial