Restart na campanha em Brasília

A escolha de Jofran Frejat (PR) para encabeçar a chapa, antes liderada por Arruda, não impressiona os que conhecem a política rasteira de conspiradores contra a democracia.

Arruda (PR) sai da cabeça da chapa, mas deixa sua esposa para continuar manipulando, mesmo  que limitadamente, boas fatias do orçamento de empresas e organismos estatais locais. Mas isso tudo só acontecerá se conseguir uma das coisas mais difíceis no processo eleitoral transferir seus votos.

Se José Roberto Arruda e seus amigos forem bem sucedidos, terá outra chance de poder, mesmo não tendo o principal posto do Palácio do Buriti.

Assim como Marina Silva, Jofran (vice) ganha de presente a cabeça de chapa. Sem o carisma marcante de Roriz e Arruda, Frejat sempre esteve ligado a esse segmento político, mas com uma vida pública "ficha limpa" e  não começa do zero, pelo contrário recebe 37% das intenções de votos. 

Difícil mesmo vai ser manter esse patamar. Começa com chances reais de  vitória todavia permanecer na frente é o desafio. Só saberemos se vai  vingar com os indicativos das próximas pesquisas que serão publicados na semana que vem.

Compartilhe


Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial