Pular para o conteúdo principal

Os que participam dessas eleições são:

Falta apenas sete dias para as eleições mais disputada da história do Brasil e algumas pessoas que participam das eleições são essas.


  • Alguns irão ficar pelo caminho - Uma pena, mas candidatos cheio de boas intenções não vão se eleger por uma série de variáveis que as injustiças causadas por nosso sistema político proporciona. Diria té mais que isso. Injustiça proposital.
  • Alguns irão ficar mais pobres - Muitas desigualdades e principalmente a econômica fará com que alguns candidatos gastem tudo o que tem e o que não tem   numa eleição perversa onde o poder do dinheiro é quem dá as cartas e direciona os rumos do país.
  • Alguns nunca mais irão querer disputar - Esses perceberam que a briga é para "cachorro grande". Se não tiver estômago, preparo (em todos os níveis) e muito dinheiro não irá ser bem sucedido num concurso onde a falta de caráter, a mentira, a desonestidade e a trapassa são pré-requisitos para todos, todos, que de alguma forma, direta ou indiretamente estão envolvidos com as eleições. "Isso aqui não é lugar para amadores".  
  • Outros vão ao segundo turno; Nem podemos chamar de vencedores, pois pela características ainda terão que enfrentar uma segunda fase, onde os "instintos de sobrevivência" deve se sobressair.
  • Outros irão ou já ficaram mais ricos - Sim, muitas malas de dinheiro estão rolando soltas por aí, seja legal ou ilegalmente, e não é conjectura amigo. É um fato legitimado pelo caixa dois e pelos acordos velados ou não. Infelizmente sabemos e nada podemos fazer.
  • Outros ganharam gosto pela coisa - Além de encherem suas contas bancárias com doações poderão ter em suas mãos e canetas o tão desejado poder.

Quero encerrar esse post com uma única reflexão:

Uma condicional. Se nossa nação não se render aos clamores dos mais injustiçados, aos interesses da família e de uma sociedade justa, perderemos a oportunidade de sermos uma grande nação. Os únicos vencedores nessas eleições são os que bem cedo acordam pegam um ônibus lotado e faz nossa economia girar. Educam seus filhos com poucos reais no bolso e ainda são obrigados a votar. Esses sim são verdadeiros vencedores.

Compartilhe esse post.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000