O fantasma da bolha imobiliária


Estão muito caros? Vendas de imóveis novos em SP caem 36,5% em maio
Em maio, foram vendidas 2.080 unidades, contra 3.278 no mesmo mês de 2013

As vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo despencaram no quinto mês de 2014, contra o mesmo período do ano anterior. Em maio, foram vendidas 2.080 unidades, ante 3.278 imóveis - uma queda de 36,5% em um ano.

O resultado de maio, divulgado pelo Secovi-SP (Sindicado da Habitação), também foi 3,1% inferior ao de abril, mês em que 2.147 imóveis novos foram vendidos na Capital.

Já o VGV (Valor Geral de Vendas) de maio foi de R$ 1,35 bilhão, montante 0,6% superior ao de abril, corrigido pelo INCC-DI.

Na contramão da baixa nas vendas, as unidades lançadas no mês tiveram uma variação positiva de 13%: 2.681 unidades em 2014 contra 2.372 em 2013. Ante abril, os lançamentos aumentaram 13,7%, de acordo com dados da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio).

O resultado acumulado do ano também não foi animador. Nos primeiros cinco meses do ano, as vendas acumuladas de 7.982 unidades foram 41,4% inferiores ao mesmo período de 2013, com 13.628 comercializações. Os lançamentos de 8.947 unidades de janeiro a maio deste ano foram 14,0% menores diante das 10.409 unidades lançadas no mesmo período do ano passado.


Os preferidos
Segundo o Secovi-SP, o segmento de dois dormitórios respondeu por 71,9% das vendas do mês, com 1.496 unidades escoadas. Estes imóveis também lideraram as unidades lançadas, representando 54,6% dos lançamentos, com 1.464 unidades.

Aproximadamente 76,3% das unidades vendidas no mês foram de lançamentos realizados nos últimos seis meses

Vamos aguardar mais números nas próximas semanas.
Aproveite e compartilhe esse texto.


Fonte:ADFVN


Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial