Candidatos a presidência da república e seus bens declarados

Candidato à presidência tem R$ 2 milhões em renda fixa; veja onde todos investem

O maior patrimônio entre os presidenciáveis é do candidato do PSDC, José Maria Eymael, que declarou R$ 5,134 milhões



SÃO PAULO – Os candidatos à presidência da República divulgaram seu patrimônio para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no início deste mês. Além de imóveis e veículos, eles também detalham os investimentos que possuem.
A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, declarou um patrimônio de R$ 1,750 milhão, dos quais R$ 129,9 mil estão aplicados na caderneta de poupança. Dilma ainda possui imóveis em Porto Alegre e Belo Horizonte, além de R$ 152 mil em espécie.
Já o candidato do PSDB, Aécio Neves, tem um patrimônio declarado de R$ 2,503 milhões. Deste total, R$ 148,8 mil estão aplicados em previdência privada. O tucano ainda tem R$ 80,199 mil em “aplicações BB”. O tipo de investimento não foi detalhado.
Assim como a candidata do PT, Aécio também possui alguns imóveis em seu nome, entre eles um apartamento em Belo Horizonte e outro no Rio de Janeiro.
O candidato do PSB, Eduardo Campos, não detalhou aplicações financeiras. No documento divulgado pelo TSE, Campos declara R$ 15,907 mil em uma conta conjunta e R$ 19,800 em outra conta. Ele ainda declarou 4 imóveis: um apartamento em Jaboatão dos Guararapes (PE) e uma casa em Recife (PE), além de dois terrenos no mesmo estado.
O maior patrimônio entre os presidenciáveis é do candidato do PSDC, José Maria Eymael, que declarou R$ 5,134 milhões. Só em LCI (Letras de Crédito Imobiliário), Eymael tem R$ 1,338 milhão. Ele ainda possui R$ 494,5 mil em um fundo DI e outros R$ 222 mil em outro fundo também deste tipo. No total, considerando apenas os investimentos de renda fixa, o candidato do PSDC tem mais de R$ 2 milhões.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial