Pular para o conteúdo principal

"Roberto Ceni"

Camarada, amigo, colega, saudações tricolores.

Estou muito triste com um ícone do futebol. Não é o mesmo Rogério de muitos anos, parece até outro nome qualquer, menos o Rogério, aquele Rogério. Ele nos fez sorrir por muitos jogos. Nos fez acreditar, nem que fosse por alguns minutos, que o futebol era "tudo" em nossas vidas.

É com tristeza que digo que o number one do SPFC - São Paulo Futebol Clube, deve pendurar as chuteiras, infelizmente, seguir no alto nível é muito complexo na atual idade dele, mesmo considerando o elevado nível das ciências esportivas.

Não é porque alguém o acusa de mandar no time. Afinal que mau tem em mandar, ainda mais quando se conhece e tem autoridade pra isso? 

O melhor goleiro do Brasil deixou de ser o melhor, desde que as contusões começaram a incomodar e provocar limitações técnicas impedindo do maior goleiro da história do Brasil prosseguir em maiores feitos.

Tá na hora de parar de jogar bola, mas não de ser campeão. Tá na hora de assumir a posição que ele exerce de direito muito bem dentro das quatro linhas e presidir aquele clube que nos faz emocionar com tantos títulos e alegrias.

Com a mesma classe e talento desejo que Rogério Ceni comande o tricolor paulista nas diversas vitórias que virão.

O poder pode não ser perene mas a história do 01 será.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000