Pular para o conteúdo principal

2014, tem no Orçamento, destinados 264 milhões para o Trem balaa

Orçamento de 2014 prevê R$ 267 milhões para projeto do trem-bala16/08/201316:19    O ministro dos Transportes, César Borges, disse nesta sexta-feira (16) que o Orçamento do governo federal para 2014 prevê o gasto de R$ 267 milhões para investimento no projeto executivo do primeiro trem-bala brasileiro, que deve ligar as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro, e cujo leilão, marcado para setembro, foi adiado nesta semana pelo governo por tempo indeterminado.Em entrevista concedida a jornalistas em Brasília, Borges negou a informação, publicada nesta sexta pelo jornal “O Globo”, de que, mesmo sem sair do papel, o trem-bala deve custar aos cofres públicos pelo menos R$ 1 bilhão até o fim do governo da presidente Dilma Rousseff, sendo R$ 900 milhões com a preparação do projeto executivo. Segundo o jornal, a informação foi dada pelo presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, resposável pelo trem-bala.

HISTÓRICO DO TREM-BALA
2009 - 
Governo prevê leilão do trem bala em maio de 2010 e inauguração em 2014Julho de 2010 - Governo Lula anuncia 1º leilão do trem-bala para 16 de dezembro de 2010Novembro de 2010 - Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) adia leilão para 29 de abril de 2011Abril de 2011 - Leilão é adiado por mais 3 meses, para 11 de julho de 2011Julho de 2011 - Governo não recebe propostaspara o leilão do trem-balaJulho de 2011 - Após fracasso na 1ª tentativa de leilão, governo decide dividir licitação em duas etapasDezembro de 2012 - A ANTT marca oficialmente o leilão para 19 de setembro de 2013“Não haverá este gasto [de R$ 900 milhões com o projeto executivo], posso afirmar a vocês. Se eventualmente tiver necessidade de mais ou não [do que os R$ 267 milhões previstos no Orçamento], vamos avaliar. Mas nunca chegaremos a esse número [de R$ 900 milhões], posso afiançar a vocês”, disse o ministro.De acordo com Borges, o número informado pelo presidente da EPL ao “O Globo” é “apenas uma estimativa com base no valor do projeto.” Ele não soube dizer qual é a real expectativa do governo para o custo do projeto executivo, mas apontou que há “uma determinação política” para que ele não ultrapasse os R$ 267 milhões.Borges voltou a dizer que o governo não desistiu de leiloar o primeiro trem-bala brasileiro.
Nesta semana, o ministro anunciou mais um adiamento da primeira licitação, para contratar a empresa que forneceria a tecnologia e seria a operadora do veículo, marcada para setembro.“O governo adiou o projeto mas não abriu mão dele. O projeto vai andar. Não tenho dúvida de que o Brasil tem necessidade e vai ter o trem-bala nesse eixo Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro”, disse.CustoA estimativa da EPL é que o custo total do projeto do trem de alta velocidade (TAV) fique em R$ 35,637 bilhões. Esses gastos, no entanto, incluem a primeira etapa da licitação do empreendimento, relacionada à compra de trens, vagões e serviços complementares, a um custo de R$ 8,7 bilhões – fase que inclui a contração da empresa que será responsável por implementar a tecnologia do trem de alta velocidade e operar o serviço pelo prazo de concessão de 40 anos – e as obras de construção civil, que deverão consumir R$ 26,9 bilhões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

Economia - Função de Oferta

FUNÇÃO DE OFERTA  PODE-SE CONCEITUAR OFERTA COMO SENDO AS VÁRIAS QUANTIDADES QUE OS PRODUTORES DESEJAM, OFERECER AO MERCADO EM DETERMINADO PERÍODO DE TEMPO EM FUNÇÃO DE PREÇO (Px). Seja os dados abaixo uma escala de oferta PREÇO (Px) QUANTIDADE OFERTADA (x) 1,00 1.000 3,00 3.000 6,00 6.000 8,00 8.000 10,00 10.000 OUTRAS VARIÁVEIS QUE AFETAM A OFERTA X= OFERTA Px= Preço do bem ofertado Pi = Preço de Insumos (fatores de produção); T = Tecnologia  X =f (Pi)  à X=f (Px, Pi,T) EQUILIBRIO DE MERCADO A lei da oferta e demanda (procura): Tendência de Equlibrio Pts. PREÇO (Px) PROCURA OFERTA SITUAÇÃO DE MERCADO A 1000 11000 11000 Excesso de demanda (escassez oferta) B 3000 9000 3000 Excesso de demanda (escassez de oferta) C 6000