CARTÕES SUBSTITUEM O DINHEIRO

O processo de substituição da utilização do dinheiro por cartão sobe numa velocidade "turbinada"! Dados divulgados ontem pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) mostram que 75% da população brasileira têm algum tipo de cartões (débito, crédito ou de lojas). Em 2011 essa relação era 15% a menos.


Esses dados divulgados justificam as recentes preocupações do governo com as taxas cobradas pelos cartões que baseiam e norteiam uma necessidade urgente melhor regulação do setor,dando maior transparência aos custos impostos aos consumidores. Isso vale tanto no que se refere às taxas de juros quanto aos encargos para uso e manutenção dos cartões.


Nos estabelecimentos comerciais, os meios eletrônicos de pagamento respondem por 58% do faturamento. Já o uso de cédulas como meio de pagamento caiu de 58%, no ano passado, para 52% neste ano, informa a Abecs.


Impostos, encargos e taxa de juros que beiram ao abuso já devem ser instrumentos de indignação que possibilitem a crianção de novos instrumentos da fiscalização barrando de forma definitiva os ABUSOS.

Acredite amigo, antes de diminuírem os lucros devemos prestar atenção nas administradoras, nas faturas e nas taxas que os cartões nos cobram.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial