Pular para o conteúdo principal

APARENTE CALMARIA EM BRASÍLIA

Depois de muitas turbulências na vida política do Distrito Federal que se iniciou no governo de Arruda, Brasília vive hoje, uma aparente tranquilidade política. 

Depois do atual governador sofrer sérias acusações e ser objeto de várias denúncias no judiciário agora nem na grande imprensa ele tem aparecido, pode ser uma tática de preservação. Grandes debates e xingamentos de blogueiros, oposicionistas e até aliados da cidade parecem dar trégua daquilo que caracterizou o primeiro e segundo ano do ex ministro dos esportes, a imobilidade respaldada pela transição.

Aqui em Brasília, não tem eleições neste ano. Mas as eleições das cidades que ficam no entorno, é que deve nortear os discursos e demandas para as próximas eleições do Distrito Federal. Afinal, violência emprego, educação, saúde e transporte da capital federal são temas, que aquele que deseja assumir o GDF(Governo do Distrito Federal) nas próximas eleições tem que ser conhecedor extremo e estar preparado para se candidatar. Afinal grande parte da população do entorno compra, vende e utiliza um percentual significativo dos serviços públicos de Brasília.
A insatisfação dos servidores públicos, não é privilégio da administração local, a determinação de não gastar vem do governo federal e portanto as reclamações do funcionalismo se perdem quando agem de forma extrema apelando para a greve e chamando o governo para o fight. Essa calmaria a que me refiro, pode ser dizimada se apenas uma das várias categorias do funcionalismo aderir um movimento paredista e faça  prevalecer a insanidade daqueles que tem o poder para evitar o radicalismo.

Enfim, Brasília vive um momento de extrema calmaria, pois no congresso, os deputados e senadores estão envolvidos com a campanha das eleições municipais, não estão na cidade nem no plenário, o futebol, aqui faz tempo que não temos, não é época de carnaval, não tivemos apagões, pelo menos está semana, o governador está preservado e não há escândalos na pauta desses dias. 

Estamos em plena primavera, onde o verde das árvores prevalecem e deveriam prevalecer sempre, entretanto, sabemos que a secura vai voltar ano que vem, e possivelmente essa calmaria não vai ser eterna. Acredite, o cinza vai voltar e a calmaria vai findar. Mas ainda bem que é assim. A falta de movimento atrofia e a inércia não tem a ver com desmobilização. Fazer e fazer bem é predicado para poucos. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Introdução Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça. Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as 

Processo de Desenvolvimento Organizacional em 4 fases

Diagnóstico - Identificação do problema Através do contato com os dirigentes da organização, são identificados os problemas e as expectativas com relação à resolução dos mesmos.  Na seqüência, se inicia a fase de levantamento.  O objetivo da etapa de diagnóstico é fornecer uma situação inicial da organização. Plano de ação:  A definição do plano de ação ou estratégia de mudança deve se apoiar no diagnóstico realizado.  O plano de ação deve levar em consideração as metas e prazos, as técnicas de intervenção que serão utilizadas, os grupos-alvo e os resultados esperados.   Diagnóstico (Identificação do problema); Plano de Ação (estratégia de implatação); Intervenção (implantação das mudanças); Avaliação e controle Intervenção: A intervenção consiste em um conjunto de atividades previstas para os grupos-alvo.  O sucesso da intervenção depende do acerto da escolha da estratégia.  As atividades de intervenção compreendem também o processo de conscientização

BRASIL É SEXTA ECONOMIA

  A Crise ajuda o Brasil EUA, China, Japão, Alemanha, França, Brasil essa é a nova ordem. Afirma o Centro de Pesquisa de Economia e Negócios do Reino Unido (CEBER, sigla em inglês). A China deverá crescer 7,6% e a Índia deverá crescer 6% o Brasil, segundo autoridades brasileiras deverá crescer em torno dos 3,5% se consolidando como a sexta economia mundial. O Reino Unido só não vai ficar mais desesperado porque a França indica um queda significativa para os próxmios anos. PIB de 2,5 trilhões de dólares A soma de todos os bens e serviços (Produto Interno Bruto-PIB) se mantem entre os maiores mundiais, o contraponto é justamente aquele que o Partido dos Trabalhadores sempre usou como principal bandeira, o social, que precisará de muita atenção da chefe do executivo. Com a decisão de elevar o salário mínimo para R$ 622,00 fará com que se  tenha uma acréscimo de 0,4 pontos percentuais no PIB de 2012. Fato muito importante para a manutenção da política econômica. A indústria