BOA NOTÍCIA PARA QUEM TEM PLANO DE SAÚDE!




Demorou
Faltava essa iniciativa da ANS (Agência Nacional de Saúde), na verdade já passou do tempo de algo mais drástico ser feito em consolo aos usuários de Planos de Saúde. Há muito tempo que o descaso e morosidade de uma grande parte dessas empresas vem atuando de forma irresponsável e negligenciando a concessão do Estado. Perdoe pelo trocadilho, mas estavam precisando de uma "regulada".

Caso Concreto
Eu mesmo senti na pele por várias vezes o mau atendimento, a falta de autorizações para efetuar procedimentos que teoricamente seriam mais fáceis na rede privada. Tive isso agravado quando meu pai (falecido) teve que ser transferido de hospital por agravamento em seu quadro cliníco. Minha irmã não conseguia a transferência para hospital mais equipado porque a bendita "autorização" não era concedida pelo plano comprado na época. Nos passava a nítida impressão de pouco caso, que depois se confirmara com outras barreiras impostas pela burocracia excessiva e pelo mau atendimento.

Os números
Foram 268 Planos de Saúde suspensos, 37 operadoras e 3,5 milhões de usuários envolvidos. As multas variam de R$80 a R$ 100 para os planos que não atenderem bem seus usuários. São mais ou menos 1000 operadoras e 19% desses mil tiveram reclamções nos primeiros três meses, conforme a ANS. Os Planos de Saúde faturaram no ano passado 84 bilhões de reais aumentando em quase 12% referentes a 2010. 47, milhões de brasileiros tem plano de saúde, dados de dezembro último.

Conclusão
Outro segmento que precisa urgetemente de uma fiscalização mais efetiva da Agência é justamente dos planos odontológicos, pois creio que ficarão ainda mais surpresos com que podem constatar. Com faturamento 18% maior que ano de 2010 esses vem surpreendendo com os mesmos níveis de incompetência dos demais.
Nós, cidadãos, esperamos que essas ações firmes sejam repetidas até diminuírem as reclamações próximas do ZERO.


PRAZOS DE ATENDIMENTO DEFINIDOS PELA ANS SERVIÇO DO BLOG
Serviço Prazo máximo
Pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia  07 dias
Consultas nas demais especialidades médicas 14 dias
Consulta com fonoaudiólogo 10 dias
Consulta com nutricionista 10 dias
Consulta com psicólogo 10 dias
Consulta com terapeuta ocupacional 10 dias
Consulta com fisioterapeuta 10 dias
Consultas e procedimentos realizados em consultórios ou clínicas com cirurgião-dentista 7 dias
Diagnóstico em laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial 3 dias
Demais serviços de diagnóstico em regime ambulatorial 10 dias
Procedimentos complexos 21 dias
Atendimento em regime de hospital 10 dias
Atendimento em regime de internação eletiva 21 dias
Urgência e emergência Imediato
Consulta de retorno A critério do profissional de saúde
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial