BRASIL É SEXTA ECONOMIA


 

A Crise ajuda o Brasil
EUA, China, Japão, Alemanha, França, Brasil essa é a nova ordem. Afirma o Centro de Pesquisa de Economia e Negócios do Reino Unido (CEBER, sigla em inglês).
A China deverá crescer 7,6% e a Índia deverá crescer 6% o Brasil, segundo autoridades brasileiras deverá crescer em torno dos 3,5% se consolidando como a sexta economia mundial. O Reino Unido só não vai ficar mais desesperado porque a França indica um queda significativa para os próxmios anos.

PIB de 2,5 trilhões de dólares
A soma de todos os bens e serviços (Produto Interno Bruto-PIB) se mantem entre os maiores mundiais, o contraponto é justamente aquele que o Partido dos Trabalhadores sempre usou como principal bandeira, o social, que precisará de muita atenção da chefe do executivo. Com a decisão de elevar o salário mínimo para R$ 622,00 fará com que se  tenha uma acréscimo de 0,4 pontos percentuais no PIB de 2012. Fato muito importante para a manutenção da política econômica. A indústria deve liderar a contribuição de crescimento do PIB  em 3,7% , previsão do Banco Central do Brasil

Ainda somos sedutores
Apesar de uma inflação maior que a esperada, um gasto excessivo de energia da presidente com a retirada de ministros e uma desaceleração do crescimento, o Brasil continua sendo bastante atraente para os investidores internacionais, isto porque temos um macroeconomia sedimentada e uma estabilidade que garante um retorno muito  mais razoável que aqueles promovido pelos países europeus. Isto tudo incrementado por uma taxa de juros ainda mais sedutor que qualquer outra do mundo.

Rumo ao quinto lugar
Todos esses fatores e um otimismo das autoridades levam o país a crescer muito mais que o previsto, ou seja, poderemos sim atingir uma posição mais confortável. A quinta posição econômica mundial revela que a nação brasileira deverá ter papel de destaque no Conselho de Segurança Permanente da ONU, deve ser ouvido de forma mais efetiva na OPEP e precisa ser respeitado quando for acionado na Organização do Comércio e outras. Deve ter papel destaque no G8, G20 e demais organismos internacionais, como FMI e Haia, enfim chegamos.


Comentários

Boa noite Hamilton!

Escrevi um pequeno texto sobre isso hj

http://www.economidiando.blogspot.com/2011/12/brasil-ja-e-sexta-maior-economia-do.html


Abraços
Everton Ricado disse…
Olá Hamilton, você tem Twitter? Gostei bastante desse seu texto.
Realmente o Brasil é a bola da vez, assim como a China, que cresce mais rapidamente. Porém, creio, particularmente, que o Brasil é mais sustentável no longo prazo.

Abraços!
@everton_ric do blog Finanças Forever
Hamilton Silva disse…
Olá Everton, obrigado pelo comentário! O meu twitter: @hamiltonsi
Cícero Sena disse…
Cara, o Brasil cresce rápido, mas com poucos investimentos em áreas básicas os empresários já encontram dificuldade em achar mão de obra qualificada
Hamilton Silva disse…
Concordo, Cícero, é preciso investir em educação. Com a relativa facilidade em se abrir uma Instituição de Ensino Superior, muitos estão se graduando e passando de fase. E os profissionais técnicos estão cada vez mais escassos.

Postagens mais visitadas deste blog

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

ENCONTRO DE ECONOMISTAS, FAÇA SUA INSCRIÇÃO

BOLSA DE NOVA YORK PÁRA