NOS PRÓXIMOS DIAS A ECONOMIA SERÁ AQUECIDA COM 118 BI




Cautela e canja de galinha não faz mau


O Aquecimento é certo e querido pela sociedade, mas monitorado pelas autoridades com vistas a uma inflação controlada e influenciada pela decadência dos mercados do velho continente. A dica é controlar os gastos com cartão de crédito e minimizar a utilização de empréstimos e cheque pré-datados.



A injeção de R$ 118 bilhões de reais na economia nesse final de ano se dá, pelo pagamento do 13ª salário.
Serão 78 milhões de brasileiros que terão o direito de movimentar a economia nas festas natalinas e ano novo.
O estudo foi realizado pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estudos Sócio-Econômico), que ainda, revela um crescimento de 16% com relação a 2010.

Distribuição

  • Aposentados e pensionistas - 38,1%
  • Empregados Formais - 61,9%
  • Empregados Domésticos com Carteira de Trabalho Assinada - 3,1%
  • Aposentados e Beneficiários da União - 1,2% do total.


Do montante a ser pago a título do décimo terceiro, cerca de 20% dos R$ 118 bilhões, pouco mais de R$ 34 bilhões, serão pagos aos beneficiários do INSS e 84 bilhões, ou 71% do total, irão para os empregados formalizados, incluindo os domésticos. Aos aposentados e pensionistas da União, caberá o equivalente a R$ 6,1 bilhões (5,2%) e aos aposentados e pensionistas dos Estados, R$ 5,4 bilhões (4,5%).

O número de pessoas que receberão o décimo terceiro salário também subiu cerca de 5,4%. A região que mais será beneficiado com o pagamento será a região sudeste com 51,3% do total.

O DIEESE não considera a informalidade como: ambulantes, autônomos ou outras atividades que recebem pecúnia, mas que não tem carteira assinada. Não foi computado pelo Departamento o adiantamento da parcela do 13º feita ao longo do ano.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial