Mais uma medida para conter a inflação


O governo anunciou mais uma medida para se tentar segurar a alta inflação que tem sido pressionada pela elevada subida das comoditties. A alíquota passa dos atuais 1,5% para 3% nas operações para pessoas fisícas. Mantega também admitiu a possibilidade de outras medidas para segurar a elevação do crédito e da demanda. desde o ano passado que o governo vem tomando uma sérias de iniciativas para conter o aquecimento da economia e manter a inflação dentro dos objetivos da política econõmica do governo. Uma melhor coordenação nestas ações indicam o sucesso, no entanto, ainda não se atingiu os patamares que a equipe econômica deseja e já se aceita o rompimento da meta de 4,5% estabelecida para 2011. Várias foram as medidas tomadas pelo governo a saber redução  dos prazos de financiamento nas compras de veículos, Aumento no recolhimento do compulsório pela instituições bancárias dentre outras, mas até o momento a conjuntura internacional e mesmo problemas de sazonalidade tem comprometido as metas; Com essa medida comprar a prazo vai ficar ainda mais caro.  O ministro do planejamento prevê resultados já nos próximos dois meses, com uma redução nos índices inflacionários.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial